No começo, a intenção da Operação Lava Jato era apenas punir corruptos que praticavam crimes financeiros, como lavagem de dinheiro. Não se imaginava que a Operação chegaria tão profundamente num esquema de #Corrupção gigantesco que movimenta o país.

Os investigadores se surpreenderam quando foram coletadas provas de uma lavagem de R$ 26 milhões, em decorrência de um contrato da refinaria Abreu e Lima. Logo após, o ex-diretor de abastecimento da Petrobrás, Paulo Roberto Costa, confessou que aquilo não era nada, perante o que havia por trás de todo esse contrato.

Foram descobertos bilhões em propinas, que sustentavam grandes negócios na estatal, causando um grande prejuízo aos cofres públicos.

Publicidade
Publicidade

Começaram a surgir irregularidades nas diretorias da Petrobrás, na Caixa Econômica Federal, na Eletronuclear e nos ministérios de Planejamento e da Saúde. O objetivo era o mesmo em quase todos os setores da estatal. Os partidos arrumavam dirigentes, que mesmo sem qualquer experiência no ramo, apenas estavam lá para repassarem propinas, com interesses políticos e de enriquecimento.

De acordo com Dallagnol, antes da #Lava Jato apenas R$ 100 milhões do dinheiro irregular voltaram aos cofres públicos. Com a Operação, a coisa mudou. Foram R$ 3,6 bilhões ressarcidos.

Maior impacto

O maior impacto da Lava Jato é a responsabilização igualitária dos corruptos. Pode ser um presidente ou um funcionário do baixo escalão, todos têm as mesmas punições.

A corrupção é um grande mal que está sendo combatido pela força-tarefa.

Publicidade

O dinheiro tirado dos cofres públicos, poderia acabar com as filas do SUS, poderia ajudar na manutenção de estradas e vários outros fatores.

O "grande segredo"

Segundo os procuradores da República, Deltan Dallagnol e Orlando Martello, o sucesso da Operação, é o apoio da sociedade. Além disso, tem que dar destaque também para os trabalhos de inovação e coordenação realizados por vários órgãos. "Foi preciso um pouco de sorte também", disse Dallagnol.

As delações premiadas, as cooperações internacionais e a transparência, são pontos fundamentais para o avanço das investigações. Através disso, a Lava jato adquiriu documentos de contas secretas, que eram utilizadas há décadas.