Luíz Inácio Lula da Silva voltou a ser manchete dos jornais, nesse sábado, 22, mas o motivo não foi nenhuma investigação ou denúncia contra o ex-presidente do Brasil. #Lula ganhou repercussão na mídia e nas redes sociais, após gravar um vídeo e disponibilizá-lo em sua página oficial do Facebook.

No vídeo, Lula reclama da imprensa, que tem o ‘condenado’ há muitos anos. Segundo o político e réu do MPF (Ministério Público Federal), sempre houve investigações contra o mesmo, mas nada foi provado. Para ele, se os seus “condenadores” estivessem em seu lugar, fariam exatamente o que pensam que ele fez.

O petista também pede que as pessoas parem de julgá-lo, pois o Brasil “não aguenta mais mentiras”.

Publicidade
Publicidade

Também disse que é para condená-lo quando encontrarem alguma prova contra ele, mas se não encontrarem nada que o desabonem, que parem com as acusações e comecem a ‘fazer a coisa certa’.

Lula afirma que fez um esforço imenso para ser respeitado pelo mundo, pois era sério com as pessoas. O petista dispara: “Me respeitem para que possa respeitar vocês”. O ex-líder do PT (Partido dos Trabalhadores), afirma que tem sua vida investigada desde 1982, mas que nunca encontraram uma prova contra ele.

No decorrer de seu desabafo, Lula se refere aos funcionários públicos, quando diz: “Vocês que tem estabilidade no emprego, não é para ser refém da imprensa”. Acusando Sérgio Moro e os procuradores do MPF de atuarem em conjunto com a imprensa para dar notoriedade nas investigações contra ele, Lula salienta, mais de uma vez, que as pessoas não devem acreditar no que a imprensa noticia.

Publicidade

O ex-presidente esbraveja: “Quero saber se você encontrou alguma prova, documento, conta contra mim. Se não encontrou: pare, pense e mude o seu comportamento”. Para ele, as supostas mentiras inventadas pela imprensa estão prejudicando o Brasil, inclusive no âmbito internacional. Lula acha que as notícias contra ele estão fazendo o Brasil perder credibilidade junto a outros países mundo a fora.

Assista ao vídeo de Lula: 

#Viral #Lava Jato