O ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva emenda um discurso atrás do outro, nos quais diz que é um cara inocente, que ninguém tem nenhuma prova contra ele e que toda denúncia, pelo menos até o momento, teve como objetivo uma missão principal – tirá-lo da briga para a presidência da República em 2018. O discurso político não tem ajudado aos petistas a convencer outros eleitores, a não ser os próprios adeptos ao Partido dos Trabalhadores (PT). Prova disso é que a legenda teve um fraco desempenho nas eleições municipais por todo o Brasil. Até mesmo a principal cidade, São Paulo, acabou sendo perdida. 

Nesta segunda-feira (10), o companheiro político da ex-presidente Dilma Rousseff acabou sendo denunciado mais uma vez, dessa vez pelo Ministério Público Federal.

Publicidade
Publicidade

A entidade o acusa de diversos crimes, como organização criminosa, lavagem de dinheiro e até corrupção passiva. As denúncias foram feitas durante a Operação Janus, que apura as negociatas entre o governo brasileiro e o angolano. O sobrinho do petista, Taiguara Rodrigues dos Santos, também é um dos denunciados pelo órgão federal. Ele tinha contratos na casa dos milhões com a empreiteira Odebrecht. Além do sobrinho e de Lula, o dono da empreita, Marcelo Odebrecht, recebeu uma denúncia contra ele. 

A Operação é um dos braços criados a partir da Lava-Jato, que em segunda instância é comandada pelo juiz federal Sérgio Moro. Existem indícios de que Lula recebeu vantagens indevidas durante as negociatas. Essas suspeitas também recaem sobre os familiares do ex-presidente Lula. Segundo os investigadores, o ex-líder sindical seria uma espécie de lobista.

Publicidade

Ou seja, o político dava o seu valor e cobrava caro para que sua influência ajudasse nas negociações. 

O Ministério Público ainda acusa a empreiteira e Lula de maquiarem como ele ganhou dinheiro. Para isso, a Odebrecht estabelecia contratos de palestras. Ao todo, foram R$ 7,6 milhões. Dinheiro pago ao instituto do político. No exterior, o companheiro político de Dilma encontrava políticos, empresários e outras autoridades e trabalhava o convencimento para os negócios.  #PT #Impeachment