Nessa quarta-feira (05), a primeira-dama do país, #Marcela Temer, fez a sua primeira aparição ao grande público fazendo um discurso emotivo durante o lançamento do programa social Criança Feliz no Palácio do Planalto. A primeira-dama foi eleita pelo presidente Michel Temer como embaixatriz do programa e trabalhará de forma voluntária, sem receber nenhuma remuneração.

Apesar de não receber nada pelo trabalho que prestará, Marcela ganhou um gabinete para trabalhar no Palácio do Planalto, considerado um dos mais belos do local, devido à vista privilegiada da Praça dos Três Poderes.

Durante o discurso, Marcela ressaltou a importância de cada brasileiro de colaborar com iniciativas do cunho social e confirmou que trabalhará de forma voluntária no programa.

Publicidade
Publicidade

“Cada brasileiro é importante para o desenvolvimento do nosso país. Nossas responsabilidades somente irão aumentar a cada dia, assim como nossos desafios. Meu trabalho nesse projeto será voluntário, meu intuito é mobilizar todos os setores da sociedade em torno de ações que visem garantir a melhoria na vida das pessoas”.

Ela também ressaltou a importância da “primeira infância”, até os três anos de idade e afirmou que é a fase mais delicada e que requer mais cuidados. Já que o Programa Criança Feliz garantirá assistência médica, pedagógica e psicológica a todos os filhos, de até três anos, de famílias cadastradas em outro importante programa social do #Governo, o Bolsa Família.

“Os primeiros meses de vida são os mais importantes para o desenvolvimento das habilidades humanas. Os sentimentos dessa fase guiarão o adulto pelo resto de sua vida”.

Publicidade

Marcela também afirmou que os cuidados na primeira infância podem inibir futuros comportamentos violentos e agressivos.

Assista ao primeiro discurso público de Marcela Temer na íntegra, realizado na manhã dessa quarta-feira no Palácio do Planalto em Brasília.

A expectativa inicial é que o programa beneficie 600 mil crianças em 2017, em 2018, a expectativa é que o programa atenda cerca de 4 milhões de crianças cadastradas, ou seja, 100% do total de crianças do Bolsa Família.

  #Michel Temer