A capital dos gaúchos também vai às urnas neste domingo. No segundo turno das eleições municipais, o situacionista Sebastião Melo (PMDB) enfrenta Nelson Marchezan Jr (PSDB). Até o momento, as pesquisas mostram um inegável favoritismo do tucano, que atualmente exerce o mandato de deputado federal.

Com margem de erro de quatro pontos percentuais, a última pesquisa Ibope, divulgada no final de semana passado, concedeu a Marchezan uma preferência de 44% do eleitorado - um ponto a menos que na pesquisa anterior. Sebastião Melo, que é o atual vice-prefeito de #Porto Alegre, teve 33% das intenções de voto.

Para alinhavar a pesquisa em Porto Alegre, o Ibope entrevistou 602 eleitores entre os dias 18 e 20 de outubro.

Publicidade
Publicidade

O levantamento veio por encomenda da RBSTV, emissora afiliada da Rede Globo no Rio Grande do Sul. 

A campanha na capital gaúcha tem sido marcada por muitas polêmicas, sobretudo no segundo turno. Um ataque a tiros foi registrado no comitê de Marchezan, há duas semanas. No mesmo dia, Plínio Zalewski, um dos principais coordenadores da campanha de Sebastião Melo, foi encontrado morto dentro do banheiro da sede do PMDB na cidade.

Melo representa a possibilidade da continuidade da atual gestão em Porto Alegre, já que é o vice-prefeito de José Fortunati, que seguirá comandando a cidade até 1° de janeiro do ano que vem. Deputado federal, Nelson Marchezan Jr se diz de oposição, embora Melo e seus apoiadores defendam a tese de que ele "só se tornou oposição na campanha, pois fez parte do governo durante 11 anos".

Publicidade

#Eleições 2016