Uma questão diplomática pode prejudicar ou pelo menos deixar um pouco mais difíceis a relação entre o #Brasil e os Estados Unidos. Isso porque o presidente americano, Barack Obama, que está prestes a deixar o poder, acabou fazendo declarações que acabam atingindo o país governado por Michel Temer, do PMDB. Nesta segunda, 03, ele fez revelações e disse que existiu uma manipulação para que a cidade do Rio de Janeiro fosse escolhida como sede da Olimpíada realizada neste ano. É bom lembrar que, no ano da escolha, a principal rival do Rio era a americana Chicago, antigo reduto político de Obama nos Estados Unidos. 

Obama insinuou que, de alguma forma, o Brasil manipulou tanto as decisões do Comitê Olímpico Internacional (COI) quanto as da Fifa.

Publicidade
Publicidade

O presidente americano então contou uma experiência vivida por sua esposa, a primeira-dama Michele Obama. Em entrevista ao site da 'New York Magazine', ele disse que uma delegação do seu país se preparou muito bem e que viajou para Copenhague apenas para fazer a exibição da candidatura de Chicago. De acordo com eles, sua esposa foi junto. Ele disse que recebeu uma ligação das entidades que organizam os jogos dizendo que o fato de ir à Copenhague poderia ajudar na escolha da cidade-sede dos jogos de verão de 2016. 

Obama disse que, em todos os critérios possíveis, a candidatura de Chicago era melhor que a do Rio de Janeiro. Ele disse então que as decisões do COI, assim como as da Fifa, são manipuladas. A perda da cidade americana para a brasileira rendeu muitas críticas ao presidente dos Estados Unidos, que não estava nem um ano no poder.

Publicidade

A sua capacidade de negociação foi questionada e não faltaram críticas a ele e a seu governo. Desde então, a mídia americana atacou o Rio de Janeiro e os jogos, dando grande espaço para dados da violência na cidade e do Zika Vírus, o que fez muitos turistas daquele país deixarem de vir aos jogos realizados no Brasil. 

É bom lembrar que, em 2012, o país de Obama também perdeu a eleição de cidade-sede para Londres, na Inglaterra. Los Angeles concorre à sede, em 2024. Os últimos jogos no país aconteceram em 1996.  #Diplomacia #EUA