Uma informação de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seria preso nesta segunda-feira (17), fez alguns líderes sindicalistas organizarem uma vigília como apoio ao ex-presidente. Durante essa madrugada, cerca de 100 pessoas se reuniram em frente ao prédio de #Lula, na cidade de São Bernardo do Campo. 

Alguns blogs de esquerda fizeram divulgações nas redes sociais avisando as pessoas de que Lula seria preso em uma nova fase da Operação #Lava Jato, que seria deflagrada, pela Polícia Federal (PF), nesta segunda (17). 

Os militantes petistas passaram a noite em claro e foram embora por volta das  7h. Não foi confirmado, pela sua assessoria, se Lula estaria ou não em seu apartamento.

Publicidade
Publicidade

Alguns carros da polícia militar circulavam pela redondeza.

Nessa vigília, os manifestantes levaram balões brancos, bandeiras do PT e acenderam velas. Eram esperados 2500 pessoas, que confirmaram presença através do Facebook, mas o número não passou de 100. 

Denúncias

O ex-presidente Lula é réu em três ações na Justiça. Duas estão em Brasília e a outra está em Curitiba. Lula é acusado de #Corrupção, de irregularidades em suas palestras, envolvendo a empresa Odebrecht e uma outra empresa do parente do ex-presidente, a Taiguara Rodrigues.

Outra denúncia que envolve o petista, é a tentativa dele impedir a delação do ex-diretor da Petrobrás, Nestor Cerveró. Tudo está sendo investigado, até mesmo as benfeitorias que o petista teve em seu triplex no Guarujá e no seu sítio em Atibaia, São Paulo.

Publicidade

A empreiteira OAS é uma das envolvidas nessas reformas.

Manifestação

Na manifestação desta madrugada, os militantes colaram cartazes em postes com os seguintes dizeres: "Não à prisão de Lula". E algumas pessoas gritavam: "Lula, guerreiro do povo brasileiro". O blog de esquerda responsável por essa informação da prisão do ex-presidente é o Blog da Cidadania. Em fevereiro, esse mesmo blog vazou algumas informações sobre a quebra de sigilo bancário do petista. Inclusive, na época, a Polícia Federal investigou o motivo do vazamento.