A Executiva Municipal do PSDB no #Rio de Janeiro divulgou nesta sexta-feira (7) uma nota em que "libera" seus filiados a apoiarem a candidatura do bispo Marcelo Crivella (PRB) no segundo turno da eleição à Prefeitura do Rio de Janeiro. 

Os tucanos participaram do pleito municipal no Rio com o candidato Carlos Osorio, que obteve apenas 8,62% dos votos válidos - 261.386 em números absolutos -, ficando com a 6ª colocação.  

A nota divulgada pelo PSDB carioca não representa um apoio formal a candidatura de Crivella, apenas um aceno aos seus filiados. Segundo os tucanos, a escolha pela liberação ao voto no bispo se da porque o PSDB é "antagônico ao projeto politico-ideológico do PSOL". 

Outros apoios

O peemedebista Pedro Paulo, que ficou em 3º lugar no 1º turno, decidiu não apoiar nenhum dos candidatos que seguem na disputa.

Publicidade
Publicidade

Porém, tanto Crivella quanto Freixo já haviam declarado que não gostariam do apoio do peemedebista.

A família Bolsonaro já declarou apoio ao bispo Crivella. PT, Rede, PCdoB e PSTU anunciaram apoio a Freixo.

Leia a nota completa da Executiva Municipal do PSDB #Dentro da política