Próximo do momento decisivo para a escolha do novo prefeito de Curitiba (PR), uma das capitais mais importantes do país, o cenário ainda é de ansiedade e preocupação para os candidatos Rafael Greca (PMN) e Ney Leprevost (PSD), pois a situação ainda não está definida.

De acordo com a última pesquisa do Ibope antes da realização das eleições do segundo turno na capital paranaense, os números apontam para um empate técnico. Divulgada neste sábado, dia 29, a pesquisa mostra que Greca está com 51% dos votos válidos e Ney Leprevost tem 49%. Nesse cenário, não são levados em conta os votos nulos, brancos e de eleitores indecisos.

Publicidade
Publicidade

No cenário em que os votos brancos e nulos (14%) e os eleitores indecisos (5%) também são considerados, Greca sai à frente com 41% e Leprevost obtém  40%.

O Ibope entrevistou 1.001 eleitores nos dias 28 e 29 de outubro. A margem de erro é de três pontos percentuais, seja para mais ou para menos. A pesquisa foi encomendada pela “RPC" (Rede Paranaense de Comunicação), que é afiliada da Rede Globo no Paraná. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número PR-00015/2016.

Conheça o perfil dos candidatos a prefeito de Curitiba

Ney Leprevost (PSD), 43 anos, nasceu em Curitiba. Formado em Administração pela Fundação Universidade do Tocantins (Unitins), atua como deputado estadual pela terceira vez e já foi vereador na capital por três legislaturas (1997-2000, 2001-2004 e 2005-2006).

Publicidade

Antes da #Política, Leprevost teve uma carreira de sucesso no rádio curitibano.

O candidato do PSD já esteve em um mesmo grupo que Greca quando ocupou o cargo de secretário estadual do Esporte e Turismo entre 1999 e 2000, durante a gestão do governador Jaime Lerner.

Rafael Greca (PMN), 60 anos, também nasceu em Curitiba. Formado em Engenharia Civil pela UFPR e Economia pela Fundação de Estudos Sociais do Paraná (Fesp), ele já atuou como Servidor do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), pesquisador de história e ainda é poeta e escritor.

O candidato do PMN já foi vereador na cidade (1983-1986), deputado estadual por três legislaturas (1987-1990, 1991-1993 e 2003-2007), prefeito de Curitiba (1993-1996) e deputado federal (1997-2002). Greca também foi ministro do Esporte e Turismo durante o governo Fernando Henrique Cardoso (1999-2000) e secretário estadual de Planejamento do governo Jaime Lerner (1997), além de outras atuações em cargos públicos. #Brasil #Eleições 2016