A prisão de Anthony Garotinho é um dos destaques envolvendo o ramo político nos últimos dias. Na quinta-feira(17), Garotinho recebeu voz de prisão, mas, passou mal. Ele foi socorrido e levado a um hospital. Mas o juiz Glaucenir Oliveira solicitou a transferência do mesmo para o Complexo Penitenciário de Gericinó, onde ele receberia todos os cuidados necessários.

A família de Anthony alegou que, em Bangu, o mesmo não teria os cuidados necessários, mesmo assim, o juiz do caso permaneceu com o seu veredito.

Mas, na tarde desta sexta-feira (18), a ministra Luciana Lóssio determinou a transferência imediata de Anthony a um hospital capacitado.

Publicidade
Publicidade

Inclusive, na quinta-feira, o próprio Garotinho tentou resistir à transferência, mas não adiantou. Os custos serão todos atribuídos ao ex-governador, e inclusive, o hospital em questão, poderá ser público ou privado.

Garotinho é acusado de crimes de coação, compra de votos e associação criminosa. As investigações apontam que Garotinho oferecia certas regalias a eleitores de sua confiança. Na cidade de Campos dos Goytacazes, Anthony é secretário de governo, sendo a sua mulher, a prefeita vigente.

Há, em vigência na cidade, um programa social cujo nome é Cheque Cidadão. Com ele, pessoas de baixa renda têm direito a receber R$ 200 por mês. O problema é que os eleitores de Rosinha Garotinho eram quem recebiam o benefício. Obviamente, que os advogados negam todas as acusações, e inclusive, refutam as constatações da polícia Federal.

Publicidade

Um pouco sobre Anthony Garotinho

Anthony candidatou-se para o cargo de governador do estado do #Rio de Janeiro, no ano de 1998, e, na ocasião, ele conseguiu se eleger. Já no ano de 2002, o mesmo tentara se eleger presidente da República, mas, não venceu as eleições, ficando no terceiro lugar.

Durante este período, principalmente por impulsionar e aguçar a criação de projetos sociais em seu governo, Garotinho ganhou uma certa notoriedade popular, digna de ser relembrada. Mas, no decorrer do tempo, a sua imagem foi manchando-se pouco a pouco. Isso ocorreu devido às denúncias de escândalos de corrupção. E, mesmo com uma popularidade não tão consistente, ele ainda conseguiu se eleger deputado no ano de 2010. #Brasil #Política