Na última quarta-feira, 9, o deputado estadual, Cabo Júlio (PMDB-MG), chamou a deputada federal, Maria do Rosário (PT-RS), de ‘vaca’. O motivo da indignação do parlamentar foi uma suposta publicação feita pela deputada, onde ela lamentava a morte dos assaltantes de um policial militar que dirigia um carro da Uber, e que teve grande repercussão na mídia nacional.

A publicação dizia ainda que se o policial não tivesse reagido ao assalto, apenas uma vida teria se perdido (a dele), ao invés de três (dos assaltantes). Júlio falou do #Crime e leu a suposta fala de Rosário, alegando que ‘era melhor essa vaca ter ficado calada’.

Publicidade
Publicidade

O problema é que, não só o deputado, mas milhares de pessoas desavisadas, não se deram o trabalho de confrontar a data do assalto, com a data da suposta publicação, bem como não entraram nas redes sociais oficiais da deputada, para constatar a veracidade dos fatos. Logo, centenas de pessoas começaram a compartilhar um print falso em uma montagem, em dezenas de grupos e páginas da internet.

A própria deputada desmentiu o fato em sua página, na quarta-feira, 9. Maria anunciou que processará o deputado Cabo Júlio e que é defensora da segurança pública e da punição para todos os criminosos. O deputado ainda não se pronunciou sobre o ocorrido.

Não é a primeira vez que ocorre uma montagem na internet, acusando a deputada de ter defendido criminosos. Há alguns anos, quando ocorreu um assalto em SP, do qual um policial militar baleou o assaltante, surgiram montagens na internet dizendo que Maria do Rosário havia chorado ao ver a cena.

Publicidade

Logo que soube do ocorrido, a parlamentar esclareceu os fatos.

Relembre:

Em publicação feita no Facebook nessa quinta-feira, 10, Maria atribuiu o comportamento do parlamentar de Minas, como um desrespeito contra ‘as mulheres’. Maria pertence à base de governo da ex-presidente Dilma e manifesta-se, com frequência, contrária às propostas de reforma apresentadas pelo presidente, Michel Temer, que por sua vez, possui apoio da maior parte dos parlamentares do #Congresso Nacional. #Câmara dos Deputados