Passados quase dez dias, o mundo ainda não digeriu a vitória de Donald #Trump nas eleições dos #Estados Unidos. Por suas ideias extremamente alternativas, as pessoas continuam insatisfeitas com o resultado e as chacotas nas redes sociais persistem. Após o encontro com Barack Obama, no dia 10 de novembro, Trump amenizou algumas destas ideias.

O muro

A maior proposta do governo de Trump e a mais aclamada entre os seus apoiadores seria a construção do muro dividindo a fronteira entre o México e os Estados Unidos. O presidente disse que em alguns pontos o muro será uma cerca, mas afirma que o muro será construído, pois ele não quebrará nenhuma promessa de campanha.

Publicidade
Publicidade

Deportação de ilegais

Trump prometeu que iria expulsar os imigrantes sem documentos, cerca de 11,3 milhões, no menor tempo possível. Porém, neste domingo, mencionou a deportação de “criminosos, membros de gangues e traficantes de drogas” apenas, não de todos os imigrantes como havia dito, totalizando aproximadamente 3 milhões de pessoas. Em controvérsia a estes números, o Instituto de Polícia Migratória dos Estados Unidos afirma que apenas 890 mil imigrantes estejam nas situações citadas.

Proibição de muçulmanos

Após o massacre de San Bernardino, em dezembro de 2015, na Califórnia, Trump afirmou que fosse proibida a entrada de muçulmanos no país até o esclarecimento do caso. A proposta mudou para uma análise minuciosa de cada muçuçmano imigrante antes da entrada, mas os sírios continuam proibidos de entrar nos Estados Unidos.

Publicidade

Invalidar o Obamacare

O Obamacare dá acesso ao seguro de saúde às pessoas que não possuem condições de financiar um plano privado, e o candidato eleito disse que cancelaria este programa. Após a visita ao atual presidente Obama, Trump disse que irá manter, pois as “seguradoras não podem negar cobertura a pessoas por condições médicas pré-existentes”.

Hillary Clinton

Trump tinha a intenção de iniciar um processo de investigação contra Hillary Clinton, quando ainda era secretária de Estado, por ter usado um servidor de e-mail privado. Logo após a vitória, Trump mudou de ideia e disse que o país tem uma “dívida de gratidão” pelos serviços prestados por ela, afirmando ter outras prioridades de governo.

Otan – Organização do Tratado do Atlântico Norte

No início de sua campanha, Trump disse que os países membros da Otan deveriam pagar para os Estados Unidos, já que este os protege de possíveis ataques e guerras europeias.

A conversa mudou após o encontro com Obama, que mencionou a importância e o dever de manter a prosperidade no mundo, assim Trump se comprometeu a continuar com a aliança estratégica.

Ainda faltam pouco mais de dois meses para a posse de Donald Trump, vamos aguardar os próximos passos do presidente eleito. #Eleições