O Governo Federal divulgou o cancelamento de quase 500 mil benefícios do Bolsa Família, outros 700 mil foram bloqueados.

O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, responsável pelo “Bolsa Família”, encontrou irregularidades em 12% dos benefícios, a economia aos cofres públicos vai ser de aproximadamente 2,5 bilhões anuais.

O governo cancelou benefícios de famílias com renda superior a R$ 440,00 per capita, e bloqueou para as famílias com renda acima R$ 170,00 reais e inferior aos 440,00. Para os cancelados, ainda existe uma chance de ter o benefício desbloqueado pelo governo. Eles precisam procurar os responsáveis pelo programa em sua cidade e regularizar a situação, apresentando todos os documentos necessários. 

Quem está no grupo dos cancelados vai ter que procurar o Ministério do Desenvolvimento e provar que existe um erro.

Publicidade
Publicidade

O beneficiário vai ficar sabendo do cancelamento quando for tirar um extrato bancário ou pelo aplicativo do programa. Será emitido um comunicado falando do corte do programa e as providencias a serem tomadas.

Nos estados do Norte e Nordeste, o governo encontrou o maior número de irregularidades.

De acordo com o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, o cruzamento de dados foi o principal responsável pela identificação de eventuais fraudes.

Para o ministro, o pente-fino é fundamental para separar o joio do trigo. Quem não cair na malha fina dos auditores do MDSA vai ter o benefício garantido pelo governo.

O Bolsa Família tem hoje 14 milhões de beneficiários de baixa renda, as famílias precisam cumprir obrigações, como filhos nas escolas com frequência e cartão de vacinação em dia.

Publicidade

 No fim do mês de outubro de 2016, o governo já tinha feito o cancelamento de mais de 15 mil benefícios a famílias de doadores de campanhas eleitorais.

O mais estranho é que no Brasil existem, segundo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 11 milhões de pessoas desempregadas, como pode ter 14 milhões recebendo assistência do Governo. #Temer #fraude #Bolsa Familia