Jair Bolsonaro continua sendo um dos mais polêmicos políticos brasileiros e não poderia ser diferente, mesmo quando se trata das eleições lá nos Estados Unidos, onde #Donald Trump venceu. Os brasileiros estavam na torcida por Hillary Clinton, pelo menos a maioria e usaram as redes sociais para protestar. No Twitter, as principais tags na manhã desta quarta-feira (09) era de críticas aos americanos terem eleito Trump para a presidência. #Jair Bolsonaro também usou sua conta no Twitter para comentar a respeito das eleições americanas, só que ao contrário da maioria, ele se mostrou satisfeito com o resultado e comentou: "Parabéns ao povo dos EUA pela eleição, vence aquele que lutou contra tudo e todos. Em 2018 será o Brasil no mesmo caminho".

Publicidade
Publicidade

A declaração do político brasileiro logo repercutiu nas redes sociais e no Twitter, um dos assuntos mais comentados era "Bolsonaro 2018", onde os usuários comentavam a respeito da postagem feita pelo deputado federal.

Em pouquíssimo tempo a postagem de Jair Bolsonaro já contava com quase 2 mil curtidas e centenas de compartilhamento. Um usuário do Twitter disse que não estava acreditando que Bolsonaro estava nos "Trends", como se já não bastasse a vitória de Donald Trump.

Jair Bolsonaro já tinha postado em seu perfil no Twitter uma imagem mostrando uma matéria publicada no Globo News, dizendo que Hillary Clinton deveria ser eleita como presidente dos Estados Unidos. Ele fez questão de cutucar a Globo que já considerava a vitória de Hillary dada como certa.

No Twitter, os protestos continuam e parece não ter hora de acabar.

Publicidade

Outra hashtag que ganhou força na manhã desta quarta-feira no Twitter foi "Cancela 2016", onde os usuários citavam não só a vitória de Donald Trump, como também outros momentos do ano que para eles, poderiam ser esquecidos. Um outro usuário deu aos americanos o prêmio de "gente mais burra" e ainda criticou Bolsonaro.

Uma usuária do Twitter alertou aqueles que apoiam a candidatura de Bolsonaro à presidência do Brasil, pedindo que prestassem bastante atenção ao mandato de Donald Trump, alegando que aqui no Brasil seria da mesma forma.

#Eleições EUA 2016