O senador #Magno Malta (PR-ES) parece ter colocado a mão na ferida de diversas autoridades do país com seu discurso contundente e controverso feito na última terça-feira (8) na tribuna do #Senado Federal. Malta propôs algo que, até o momento, não foi citado por nenhum outro membro dos três poderes do país, e muito menos por economistas ou pelo presidente Michel Temer. Segundo ele, já que o momento do país é de corte de gastos e redução de custos, ele propôs aos seus companheiros de Senado que topem uma redução no próprio salário. Isso mesmo, ele afirmou que o momento é favorável para que ocorra tal redução “na própria carne” para ajudar no equilíbrio das contas públicas e ajudar o país a tomar o caminho do desenvolvimento e do crescimento.

Publicidade
Publicidade

“Porque não reduzir o nosso salário por 20 anos? Para um senador, R$ 15 mil está bom demais, e acredito que também esteja bom demais para um deputado federal e para um ministro do supremo tribunal federal. É preciso que façamos um acordo verde e amarelo de quem ama essa pátria e esse chão”.

Malta defendeu seu pensamento afirmando que muitos cidadãos brasileiros convivem e sustentam suas famílias ganhando R$ 800 ou R$ 1200. E disse também que muitos que vivem nessa situação ainda tem que pagar aluguel.

Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para os três poderes

Magno Malta não se esquivou em expressar sua opinião sobre o assunto do momento a PEC que limitará os gastos públicos, pois, segundo ele, a medida não irá prejudicar os mais pobres como muitos dizem. Para ele, o que prejudicará os mais pobres será a continuidade do que classificou como “desajuste das contas públicas” que resultou num saldo impressionante de 13 milhões de desempregados em todo o país e também no aumento expressivo dos índices de inflação.

Publicidade

Mas antes da PEC para a população geral do país, ele defendeu a “PEC dos três Poderes” que limitará os salários e regalias de quem detém o poder no país.

Ele também criticou o presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowiski, que para ele “está forçando a barra” em defender um aumento para juízes na atual situação econômica do país.

Assista ao vídeo de um trecho do discurso de Magno Malta nessa terça-feira no Senado.

#Polêmica