Nessa quinta-feira (24) o Tribunal Superior Eleitoral (#TSE) confirmou a decisão da ministra Luciana Lóssio, a mesma que havia determinado a transferência do ex-governador Anthony Garotinho da penitenciária para um hospital particular e, posteriormente, para prisão domiciliar. Seis dos sete ministros que fazem parte do corpo de ministros responsáveis em julgar “o destino de Garotinho”, votaram a favor da decisão inicial de Luciana Lóssio, e confirmaram, de forma definitiva, a primeira decisão preliminar. Após alta médica, Garotinho então irá para sua residência e cumprirá prisão domiciliar.

Além da decisão descrita acima, ele também está terminantemente proibido de ir até o município de Campos (RJ) e de manter qualquer tipo de contato com testemunhas arroladas no processo, até que seja finalizado a instrução processual.

Publicidade
Publicidade

Denúncia no Fantástico

No último domingo (20), o programa Fantástico da TV Globo fez uma grave denúncia envolvendo o ex-governador e a ministra Luciana Lóssio. O programa fez uma reportagem denunciando, através de interceptações telefônicas, que Garotinho manteve contato com a ministra do TSE antes que fosse decretada a sua prisão, no final do mês de outubro.

Em nota, a ministra explicou o motivo do contato com o ex-governador. Ela alegou que já atuava no mesmo caso, e que inclusive, já tinha dado dois habeas corpus, a outras pessoas investigados no mesmo esquema de compra de votos. E tal motivo, justificava o contato com Garotinho sem que houvesse irregularidade.

O advogado de Garotinho, Fernando Fernandes afirmou que o “vazamento das gravações telefônicas” tiveram o claro intuito de “distorcer a imagem de seu cliente”.

Publicidade

Acusação

Garotinho é acusado pela Polícia Federal de cometer crime eleitoral (comprar votos). O ex-governador foi preso na semana passada por agentes da Polícia Federal, mas após passar mal na Superintendência da Polícia Federal, ele foi transferido para o hospital municipal Souza Aguiar para receber os primeiros cuidados. Logo após, foi levado ao hospital particular onde passou por uma cirurgia para instalação de um cateter uma artéria do coração que estava com 60% de entupimento. #Polêmica #Anthony Garotinho