A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou, na madrugada desta quinta-feira (15), a proposta para a realização da Reforma da Previdência por 31 votos a 20. A sessão da CCJ acabou quase 3h da madrugada, em mais uma votação polêmica que ocorre na Casa Legislativa sem o conhecimento popular.

Segundo o trâmite legal da proposta no Congresso, essa aprovação foi inicialmente a primeira fase. O segundo passo será dado apenas no próximo ano, quando os parlamentares voltarem do recesso e elegerem uma nova Mesa Diretora.

A próxima Mesa irá criar uma Comissão Especial para analisar e votar a proposta, após isso, a Reforma vai ser analisada pelo plenário da Casa em dois turno.

Publicidade
Publicidade

Para ser aprovada, pelo menos 308 dos 513 deputados precisam ser favoráveis.

Após o trabalho da Câmara, ela será encaminhada ao Senado. A CCJ do Senado precisará abalizar o trabalho feito pelos deputados anteriormente. Caso tudo esteja correto, a proposta irá para avaliação do plenário do Senado. São precisos 49 dos 81 senadores favoráveis para que seja aprovada. Se o Senado fizer alguma emenda na proposta, ela deve voltar para a Câmara e ser votada novamente. #Reforma da Previdência #Câmara dos Deputados #Dentro da política