Ser um #bolsonaro não tem sido das tarefas mais fáceis para uma das famílias mais atuantes na política nacional, na atualidade. No último domingo, 11, o Brasil conheceu um episódio lamentável de torcedores do Fluminense que decidiram bancar os espertos e hostilizarem torcedores do Inter em um trem, ameaçando agressão contra um idoso.

O vídeo repercutiu e foi exibido milhões de vezes em diferentes páginas e canais pela internet. A indignação foi gigantesca, mas um jornalista esportivo conhecido do público, Juca Kfouri, conseguiu misturar fatalidades do esporte com sua preferência política e o resultado foi dos piores.

Sem qualquer motivo, o jornalista disse, ao vivo, durante programa na ESPN, que os torcedores que praticaram tal ato tão repudiável, são o mesmo tipo de pessoas que saem gritando Bolsonaro por aí.

Publicidade
Publicidade

Com o comentário, Juca não só demonstrou que não gosta de Flávio, de seu pai, Jair e de seus irmãos, Eduardo e Flavio, todos parlamentares, como também arranjou uma nova confusão.

O deputado estadual, Flavio Bolsonaro, que também é advogado, escreveu em sua página do Facebook, que quando vê um comentário como o de Kfouri, a vontade que tem é de lhe dar porrada, mas que depois de respirar fundo, ele pensa melhor e vê que as coisas não se resolvem assim e por isso, conferiu algumas horas para que o jornalista se desculpasse publicamente, caso contrário, tomaria medidas judiciais para resolver o problema, afinal, o comentarista cometeu um crime punível tanto na esfera cível, quanto na esfera penal, ao dar declaração tão polêmica e desnecessária.

Os apoiadores dos parlamentares da família Bolsonaro, também usaram as redes sociais para criticar a atitude de Juca, que até o momento, não se desculpou pelo comentário feito, mas usou o seu blog para compartilhar a publicação de Flavio, dizendo que repetia o que havia afirmado no domingo, e chamou o deputado Flavio de “produto da linhagem Bolsonaro”, e finalizando a publicação com a legenda “Cômico, se não fosse trágico”.

Publicidade

De tal forma, Juca perdeu a oportunidade de evitar os gastos com honorários advocatícios, pois Flavio tomará as medidas necessárias para reparar o dano a acusação feita contra ele e seus familiares. #Justiça #Casos de polícia