Nesta quarta-feira (28), poucos dias para a virada do ano, o jornal londrino Financial Times, destacou as investigações que estão envolvendo a empreiteira brasileira #Odebrecht, enfatizando um relatório divulgado pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos. Conforme assuntos relacionados a Odebrecht circulam nas mídias brasileiras, a imprensa exterior começa a dar destaque para casos relacionados a empreiteira.

A Odebrecht é conhecida por ser um dos maiores grupos de construção de toda a América Latina, mas conforme seu nome esteja se associando a tantos casos de #Corrupção, ela está passando a ser conhecida como a "maior máquina de suborno da história".

Publicidade
Publicidade

Após o Estados Unidos divulgar um relatório repudiando as atitudes da empreiteira, o jornal Financial Times destacou os números declarados nas investigações. Baseando no relatório, o jornal evidenciou que a Odebrecht não agiu ilegalmente envolvendo apenas políticos brasileiros, mas sim, vários países e políticos do exterior, foram envolvidos em casos de corrupção, os valores de suborno ultrapassariam US$ 788 milhões.

O Financial Times disse que os grandes prejudicados com as ações ilegais da empreiteira estão os políticos brasileiros, que participaram de ações ilícitas conseguindo dinheiro, entre eles há grandes empresários e personalidades consideradas "poderosas" e que agora, correm o risco de "cair". O texto ressaltou o depoimento de uma secretária da empreiteira que tinha a função de manusear uma planilha com nomes de políticos que iriam receber suborno da Odebrecht, algo que acontecia semanalmente.

Publicidade

O jornal explicou como funcionava o esquema de corrupção e disse que isso envolvia pagamento legítimos realizados em bancos, envolvendo principalmente países em desenvolvimento.

Eliminar a corrupção

O Financial Times argumentou que uma forma de acabar com a corrupção no Brasil é reduzir incentivos para campanhas políticas e também o custo para a realização. Foi citado que o Brasil tem cerca de 35 partidos políticos, sendo que alguns servem apenas para conseguir dinheiro público ilícito, esses partidos deveriam ser eliminados. A Operação Lava Jato também foi comentada com êxito pelo jornal, na qual foi classificada como necessária, pois coloca em pauta as mudanças que o Brasil deve buscar. #Escandalo