Uma licitação aberta nessa terça-feira (27) pelo Palácio do Planalto está causando muita polêmica e manifestações na internet sobre seu conteúdo. A licitação foi aberta para que seja efetuada a compra de comida para abastecer o #avião presidencial de #Michel Temer (PMDB) durante suas viagens nacionais e internacionais. O valor que será gasto é impressionante, R$ 1,75 milhão somente com alimentação.

Para o “Breakfast PR” (café da manhã do presidente) foram encomendados em sua totalidade, 200 cafés da manhã prontos. O custo de cada um é de R$ 96,00. De acordo com a licitação, o “café da manhã reforçado” de Michel Temer inclui queijos brie, provolone, muçarela de búfala com presunto parma.

Publicidade
Publicidade

Sorvetes

Ao que parece, Michel Temer é um apreciador nato de sorvete. Na licitação divulgada a imprensa, o peemedebista teria pedido a compra de 500 potes de sorvete importado (Häagen-Dazs). Somente com a encomenda desses 500 potes, o Palácio do Planalto irá desembolsar R$ 7.500. Além da marca americana, Temer também saboreia sorvetes de marcas brasileiras. Na licitação também pode ser verificado o pedido de compra de 50 sorvetes Cornetos da Kibon, 50 picolés Tablitos, 50 Chicabons, 50 Eskibons e 50 Frutillys. Mas para os viajantes da equipe presidencial que tiverem problemas com lactose, não ficarão sem sorvetes, para estes, poderão apreciar os 300 picolés sem lactose que também foram pedidos.

Tortas de chocolate

Além dos sorvetes, quem preferir apreciar uma torta de chocolate dentro do avião também poderá se deliciar.

Publicidade

Somente de tortas de chocolates, o Palácio do Planalto gastará R$ 96 mil o que representa cerca de 1 tonelada e meia somente de compra de tortas. Além de tortas de chocolate, 120 potes de Nutella foram pedidos, e custaram R$ 34 cada um.

De acordo com a coluna de Lauro Jardim, os passageiros do voo presidencial ainda terão direito a utilizar quatro tipos diferentes de açucares, seis tipos diferentes de iogurte e seis tipos de geleia (gasto R$ 27.500 somente com geleia), sanduíches de mortadela (custo de R$ 16,45 cada um). #Governo