Candidata à Presidência da República em 2014, Luciana Genro (#PSOL), em seu perfil no Twitter, criticou o Partido dos Trabalhadores (#PT) por ter colaborado com a manutenção do senador Renan Calheiros (PMDB) à frente do Senado.

“Teve um golpe jurídico/parlamentar para derrubar a Dilma, e, agora, que o PT podia assumir a Presidência do Senado, não quis. (...) E com a PEC do teto prestes a ser votada. Quem ainda tinha esperança no PT pode desistir agora”, afirmou a ex-deputada gaúcha.

Nessa segunda-feira, o ministro do STF Marco Aurélio Mello, em decisão liminar, decidiu por afastar Calheiros da Presidência do Senado, justificando que um réu não pode estar na linha de sucessão presidencial.

Publicidade
Publicidade

A Casa, no entanto, não acatou a decisão e manteve o peemedebista à frente. Jorge Viana (PT), senador pelo Acre, seria o natural substituto, haja vista seu cargo de vice-presidente. Ele, assim como os demais membros da Mesa Diretora, assinou o texto que manteve o alagoano em seu cargo.

Luciana Genro foi rebatida por sua fala e criticada por seu posicionamento frente ao afastamento da ex-presidente Dilma, quando defendeu a realização de novas eleições. “Você nunca gostou do PT mesmo, né, Luciana? Lavou as mãos no impeachment, lavou as mãos sobre nossa democracia! Não esquecerei”, disse uma pessoa. Um outro usuário da rede social minimizou a ação do Senado: “Renan simplesmente recusou ser afastado. Se Dilma tivesse agido assim, teria sofrido muito mais, isso é machismo”.

Pessoas citaram ‘ressentimento’ da filha de Tarso Genro com seu antigo partido e outras a insultaram, chamando-a de, entre os nomes, ‘louca’ e ‘oportunista’.

Publicidade

“Ainda bem que nem todo o PSOL é como você, que, ao invés de fazer luta de classes, tenta fazer disputa infantil com a própria esquerda”, disse um homem.

Luciana esteve no PT de 1985 a 2003. É uma das fundadoras do Partido Socialismo e Liberdade e recebeu mais de 1.600.000 votos na eleição presidencial de 2014. Neste ano, foi candidata à Prefeitura de Porto Alegre e foi derrotada, ficando na quinta colocação. #lucianagenro