O juiz federal Sérgio Moro, grande responsável pela Operação Lava Jato, enviou um despacho para o Supremo Tribunal Federal (#STF), na quarta-feira (07), pedindo para que a Corte devolva o "amigão" do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de volta para a cadeia.

José Carlos Bumlai cumpre pena em #Prisão domiciliar, após uma decisão do ministro do STF Teori Zavascki. Teori aceitou um pedido da defesa de Bumlai, que argumentou que o pecuarista não está bem de saúde e não está apto para permanecer na prisão. Os advogados comentaram que o estado de saúde dele é muito grave.

Sérgio Moro discordou da decisão de Teori e quer Bumlai de volta para Curitiba, dentro do Complexo Médico Penal.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o juiz, os laudos médicos apontam que o pecuarista pode sim estar preso.

O "amigo' de Lula adquiriu um câncer de bexiga e vários problemas cardíacos enquanto estava preso e por isso seus advogados pediram para que ele fosse para uma prisão domiciliar.

Abalo emocional

Sérgio Moro relatou em seu despacho que o pecuarista estava com um tipo de aflição muito grande por estar preso e isso estava abalando o seu emocional. O "distress" pode levar as pessoas a terem algum mal cardíaco, bem como o cenário prisional não é apropriado para pessoas doentes. Mas, segundo Moro, Bumlai não pode ter um tratamento diferenciado, pois todos os presos que estão ali, sentem o mesmo que ele.

Resta aguardar se Teori seguirá o conceito de Moro e enviará Bumlai para Curitiba ou seguirá firme na sua decisão em mantê-lo em prisão domiciliar.

Publicidade

Lava Jato

José Carlos Bumlai foi condenado a 9 anos e dez meses de prisão por gestão fraudulenta de instituição financeira. De acordo com as investigações, o pecuarista emprestou R$ 12 milhões ao PT, que estava endividado, em troca de ser favorecido em contratos milionários sem licitação com a Petrobrás.

Segundo informações, o ex-presidente Lula teria dado a "Bênção ao negócio", o que é negado pela sua defesa. Foi uma vantagem indevida que o pecuarista teve, apesar dele afirmar que teve um papel passivo no esquema criminoso. #SérgioMoro