No último sábado, muitos brasileiros pegaram panelas não apenas para cozinhar a saborosa ceia de Natal. Alguns optaram por usar o instrumento como forma de protesto ao governo #Temer. O "panelaço", popularizado durante os últimos discursos de Dilma Rousseff, voltou a aparecer durante o pronunciamento de Michel Temer à nação neste sábado, 24.

Na véspera de Natal, o presidente adotou um tom otimista no discurso e prometeu que o 25 de dezembro do ano seguinte seria melhor que o atual. Ele lembrou que tem "trabalhado dia e noite para realizar as reformas necessárias" e que o "Brasil está no caminho certo".

Temer, que enfrenta baixa popularidade e ainda uma ação a ser julgada pelo Tribunal Superior Eleitoral, recebeu a insatisfação dos eleitores por meio das batidas nas panelas, buzinas e manifestações no Twitter.

Publicidade
Publicidade

A hashtag #RalaTemer, pedindo a saída do presidente, foi um dos assuntos mais comentados pelos internautas na noite de sábado.

Um outro internauta abusou da criatividade para criticar o peemedebista: "Malandro é o Temer, que aproveitou para discursar quando as panelas já estão com arroz e uva-passa".

No pronunciamento, Temer fez questão de ressaltar alguns avanços obtidos em seu governo. Para ele, a PEC dos Gastos Públicos, a reforma do Ensino Médio e a da Previdência são pontos a serem destacados do primeiro ano de gestão.