O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados pode transformar uma das maiores polêmicas do ano de 2016 em 'pizza'. A expressão é utilizada quando alguém deixa de ser punido, mesmo que haja alguma expectativa para isso. De acordo com uma reportagem do site especializado em política 'Congresso em Foco', deputados podem abrandar a punição por quebra de decoro parlamentar a Jean Wyllys. O representante do Psol do Rio de Janeiro é acusado de cuspir no deputado federal Jair Bolsonaro (PSC - RJ). O cuspe teria acontecido em abril, durante a sessão sobre a votação do prosseguimento do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (PT).

Agora os deputados federais, que integram o colegiado que julga Jean, querem que haja uma punição mais amena para o político.

Publicidade
Publicidade

Antes, a punição pedida era de 120 dias de suspensão do político. Agora os deputados acreditam que essa punição é grave demais para o ato cometido pelo ex-participante do 'Big Brother Brasil'. O pedido de suspensão de mandato por quatro meses foi solicitado pelo deputado Ricardo Izar, do PP de São Paulo. A tendência, segundo o 'Congresso em Foco', é que a votação sobre a punição de Jean já seja dada nesta terça-feira, 20. Os votos dos parlamentares devem ser dados em separado. Até mesmo Izar, que fez o pedido de suspensão, deve mudar o seu relatório e pedir uma amenização da pena.

Jean diz que não é citado na Lava Jato e manda indireta a deputados

Um dos motivos que pode levar a isso é que uma punição grave a Jean seria parâmetro para possíveis condenações. Um cuspe suspender um mandato por meses poderia fazer com que ações penais contra os políticos fizessem eles amargarem do mesmo mal, ou até algo bem pior.

Publicidade

A ideia inicial, segundo os deputados, era apenas arquivar o pedido contra Wyllis, mas depois que esse usou o Facebook para dizer que não era citado na Lava Jato os ânimos mudaram. “Estou deputado pelo voto popular. Porque 144.770 pessoas votaram em mim", escreveu ele, gerando um feedback bastante negativo em meio aos colegas do Congresso Nacional. #Jean Wyllys