Uma pesquisa do Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou que 46% dos brasileiros consideram o governo Temer como ruim ou péssimo. Essa porcentagem é recorde no que diz respeito à avaliação do peemedebista. Na última pesquisa, em outubro, o número era de 39%. Em julho, os mesmos 39% consideraram o governo como ruim ou péssimo.

A melhor avaliação, dos que consideram o governo ótimo ou bom, é a menor fatia dos brasileiros. Apenas 13% deram a melhor avaliação ao governo. Um ponto a menos do que na pesquisa de outubro, quando 14% consideravam o governo ótimo ou bom. Em julho, os mesmos 13% fizeram a avaliação positiva.

Publicidade
Publicidade

Uma boa parcela da população, 35%, consideram o governo como regular. Em outubro, a porcentagem era de 34. Os que preferiram não opinar foram 6% em dezembro contra 12% em outubro.

Um fator importante para se destacar é que a pesquisa foi feita antes de vir a tona a delação da Odebrecht relatando pagamento de R$ 10 milhões ao PMDB por pedido de Temer. A pesquisa foi colhida entre os dias 1º a 4 de dezembro, em 143 municípios, com 2.002 pessoas. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Essa foi a segunda pesquisa Ibope realizada para avaliar o governo Temer após o término do impeachment. Como é possível perceber, a avaliação do governo só caiu desde então.

Temer é de confiança?

72% dos entrevistados afirmaram que não confiam na pessoa #Michel Temer. Em outubro, esse número era de 68%.

Publicidade

Os que confiam no peemedebista marcam 23%; na pesquisa anterior eram 26%. 5% disseram não sabe opinar.

Você aprova a maneira Temer de governar?

A grande maioria dos brasileiros não concordam com o modo de Michel Temer governar o País, 68%. Em outubro, 55% disseram que não concordavam. Somente 26% afirmaram que concorda com a gestão do peemedebista; 28% concordavam em outubro.

Temer x Dilma

Um fator que chama a atenção na pesquisa é quando se analisa os números da avaliação comparativa entre Michel Temer e Dilma Rousseff.

Um dos argumentos mais fortes para os apoiadores do impeachment da presidente Dilma era a falta de apoio popular. Curiosamente, 42% dos entrevistados consideram o governo Temer igual ao governo Dilma (38% achavam a mesma coisa em outubro). 34% das pessoas ouvidas consideram a gestão do peemedebista pior do que a da petista. Em outubro, a porcentagem era de 31%. Somente 21% declararam que Michel Temer é melhor do que Dilma Rousseff. Em outubro, 24% achavam isso.

Expectativa

Os brasileiros não estão muito otimistas quanto ao governo de Michel Temer.

Publicidade

43% disseram que a gestão do PMDB no Executivo será ruim ou péssima. 32% afirmaram que seria regular. Apenas 18% consideram que as coisas vão melhoras e o governo será ótimo ou bom.

Análise

A apresentação dos números deixa bastante claro que a avaliação do governo Temer e da figura do peemedebista não é das melhores e só piorou desde a última pesquisa. Nada sinaliza uma melhora na imagem já arranhada do governo e tende ainda a piorar cada vez mais que as delações da Odebrecht forem se agarrando nas entranhas do Planalto. #Dentro da política