O empresário brasileiro #Eike Batista, que chegou a ser considerado um dos homens mais ricos do mundo, embarcará de volta ao Rio de Janeiro neste domingo (29) e assim que chegar à Cidade Maravilhosa será preso. Ele está em Nova York, nos Estados Unidos, para onde viajou dias antes de uma operação policial que tentou prendê-lo. Eike é considerado foragido pela #Polícia Federal.

A informação repercutiu nas redes sociais. No Twitter, houve milhares de comentários com menção ao nome do empresário brasileiro. Separamos os melhores comentários. Não faltou bom humor para os internautas.

1 – Imagine Eike Batista sendo recebido pelo jornalista Pedro Bial no aeroporto.

Publicidade
Publicidade

“Fecha o som da casa”.

2 – Em 2012, o empresário chegou a ser considerado o sétimo homem mais rico do mundo, de acordo com a revista Forbes. A queda foi grande.

3 – Eike era considerado foragido pela Justiça brasileira. Ele disse que vai ajudar a passar o Brasil a limpo. Deve ter muito político com medo.

4 – Este internauta postou um vídeo mostrando como será a chegada de Eike no aeroporto do Rio de Janeiro.

Publicidade

5 – Cada um com os seus problemas. Qual o seu problema nas próximas horas?

6 – Você sempre sonhou em ter Eike como vizinho? Só não vai dar para pedir açúcar na casa dele.

7 – O empresário tem cidadania alemã e a Alemanha não extradita seus cidadãos. Se isso acontecesse, já era...

8 – A zoeira não tem limites mesmo. Tenta imaginar a cena...

9 – Muitos internautas fizeram comentários neste sentido.

Publicidade

10 – Olha aí, mais um comentário sobre o avião em que Eike viaja de volta para o Brasil.

11 – Empresário viaja neste domingo e deve chegar ao Rio de Janeiro por volta das 10h (horário de Brasília).

12 – Em um passado recente já foi muito mais fácil ser Eike Batista.

13 – O jornalista esportivo Milton Neves também entrou na zoeira. Drogba no Corinthians ou Eike no Brasil, qual sua aposta?

Resta aguardar a prisão do empresário, nesta segunda-feira (30), ainda no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), e o que acontecerá com ele e com todos os nomes que delatar.