Nesta terça-feira (24), uma página do Facebook, identificada como uma central de informações no Brasil, chamada Portal Brasileiro, com mais de dois milhões de curtidas, fez uma #enquete para levantar dados a respeito das intenções de voto de seus seguidores para as eleições presidenciais de 2018, baseando-se em figuras que já declararam ter interesse em se candidatar ao cargo. As opções dadas pela página foram Aécio Neves, Ciro Gomes, José Serra, Dr. Rey, Geraldo Alckmin, Ronaldo Caiado, Roberto Justus e Marina Silva. A forma de votação era simples: a página postou oito comentários, cada um com o nome de um pré-candidato, e o público deveria curtir aquele com o nome do seu candidato preferido.

Publicidade
Publicidade

Porém, o comentário mais curtido não estava entre os oito feitos pela página e sim, um feito por um seguidor que comentou "9 - Bolsonaro". Enquanto os comentários com os oito candidatos "oficiais" variavam entre 23 e 280 curtidas, sendo Roberto Caiado o mais votado, o que continha o nome de Bolsonaro passava de cinco mil curtidas. Em relação aos outros candidatos, os votos de Bolsonaro contavam mais de 81% das curtidas.

Nos comentários, muitos seguidores declararam parcialidade e más intenções da página ao descartar Bolsonaro da enquete, sendo que o mesmo é frequentemente mencionado como pré-candidato à presidência e conta como opção em várias das recentes pesquisas populares de intenção de voto. A hashtag #Bolsonaro2018 teve presença em diversos comentários da página e muitos outros reforçaram que seu candidato não constava na imagem ou na enquete.

Publicidade

"Não acredito que o povo brasileiro coloque no poder nenhum destes aldrabões. Por mim todos na cadeia", comentou uma seguidora. Alguns outros acusaram a página de ter "medo" de contar com Bolsonaro na enquete, pela popularidade do deputado na internet. "Tenta tirar nosso presidente de cena; são "humilhados" no quintal de casa... #BolsonadoPresidente", disse um outro seguidor.

A fim de se redimir, as postagens feitas pela página nas horas seguintes contaram com a presença de Bolsonaro. O Portal Brasileiro questionou seus curtidores a respeito de quem seria o candidato mais "rejeitado" nas eleições de 2018, pondo como opções Aécio Neves, Lula, Marina Silva, Bolsonaro e Ciro Gomes.

A página publicou também uma notícia desatualizada a respeito do deputado, o que, somado ao conteúdo das outras publicações, gerou mais críticas. "É difícil né, arrumar algo de concreto pra denunciar uma pessoa... O que resta? Apenas mentiras e calúnias das mais descabíveis... É mesmo gostar de passar vergonha...", dizia um dos diversos comentários a respeito.

Veja a publicação

#Eleições 2018 #Jair Bolsonaro