Jair Bolsonaro, deputado federal pelo PSC-RJ, postou um vídeo gravado em uma formatura militar onde respondeu algumas perguntas a respeito de seu apoio aos profissionais de segurança, sua popularidade e também do seu posicionamento quanto a #Legislação vigente.

"Nós temos que valorizar os bons profissionais, né? E o homem da segurança pública é um dos mais importantes que existe. Afinal de conta, eles arriscam as suas vidas por nós. E as instituições fardadas sempre cumpriram muito bem o seu papel e temos que buscar um ponto de inflexão para tudo isso. Afinal de contas, a maneira como estamos indo, estão invertendo os valores do nosso Brasil. E eu, obviamente, na contra-mão dessas pessoas, estou aqui para, humildemente, prestigiar depois", disse o deputado.

Publicidade
Publicidade

Questionado sobre a sua popularidade e a recepção calorosa que recebeu no local, #bolsonaro respondeu: "Eu sou uma pessoa que estou no sétimo mandato e mantive a linha. Eu não mudo de cor de acordo com o candidato que se elege presidente da república. Isso me dá credibilidade no que eu falar e o pessoal acreditar. E estão me vendo como opção para 2018."

Bolsonaro também alertou sobre a dificuldade enfrentada pelos profissionais da segurança, em especial os policiais militares. Provavelmente se referindo aos casos em que policias são punidos por acabar matando bandidos em eventuais trocas de tiro, o parlamentar deixa claro que a qualidade das operações é diretamente afetada pela legislação que visa punir o profissional sem considerar o contexto de perigo e grande possibilidade de conflito, em que o mesmo está inserido e fala sobre a necessidade de mudar a legislação para que os policiais apenas respondam, sem punição prévia.

Publicidade

"Sei da grande necessidade de vocês em querer uma retaguarda jurídica para poder bem trabalhar. Eu falo pelos policiais militares, meus amigos, do Rio de Janeiro. Eles têm muito mais medo do 'capa preta' do que de um vagabundo com uma .50 em cima do morro. Temos que mudar isso aí mudando a legislação. Eu sonho em conseguir um excludente de ilicitude para policial militar em operação. Ou seja, qualquer coisa que aconteça você responde, mas não tem punição.

"Você pode assistir ao vídeo na íntegra logo abaixo:

#Jair Bolsonaro