Após a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (#STF) e relator dos processos da Operação Lava Jato, #Teori Zavascki, há muitas incertezas de como será o futuro da Lava Jato. A presidente do STF, Cármen Lúcia, deu seu singelo parecer sobre a definição do próximo relator.

Cármen Lúcia mostrou que os processos da Lava Jato serão distribuídos para um dos ministros do Supremo que atuavam junto com Teori, membros da Segunda Turma do STF. Muitos magistrados e políticos discutem o caso, o ministro escolhido deverá ser alguém que mantenha a mesma visão e comando técnico de Zavascki. A Corte do Supremo está investigando muitos casos de corrupção com parlamentares que têm foro privilegiado,isso envolve deputados e ministros.

Publicidade
Publicidade

Os membros da Segunda Turma do STF são Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Celso de Mello. Com a vaga de Teori livre, algum ministro da Primeira Turma poderia migrar para a cadeira ou então o presidente Michel Temer poderia escolher um ministro para ocupá-la.

Cármen Lúcia enfatizou que esse assunto será revelado quando ela estiver em Brasília. No velório de Teori, a presidente do Supremo foi uma das primeiras pessoas do STF a chegar no local. Procurada por jornalistas, Lúcia evitou comentar sobre as mudanças no futuro da Lava Jato, outros ministro tiveram a mesma postura.

Segundo o ministro do Superior Tribunal da Justiça (STJ), Paulo de Tarso Vieira Sanseverino, colocar um ministro indicado por Temer traria uma "situação política extremamente delicada", devido ao fato de senadores estarem sendo investigados pela Lava Jato.

Publicidade

Ministros demonstraram discretamente que não gostariam de herdar a Lava Jato, Teori assumia o cargo de forma clara e se mostrava modesto ao avaliar escândalos envolvendo políticos. Zavascki não gostava dos holofotes que envolviam o STF e repudiava avaliações de que o STF era lento perto da Primeira Instância.

O Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, foi uma das pessoas que demonstraram preocupação com o futuro da Operação Lava Jato. #CármenLúcia