A Polícia Federal estaria investigando a quantidade excessiva de acessos que foi feita às informações do avião de mesmo modelo do que caiu e matou o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki, em Paraty, no Rio de Janeiro, na última quinta-feira (19). Os acessos foram realizados no dia 3 de janeiro passado, de acordo informação divulgada pelo jornalista Claudio Tognolli, do Yahoo.

De acordo com ele, os dados do avião foram acessados quase 2 mil vezes no site da empresa norte-americana Beechcraft Corporation, uma das maiores fabricantes de aviões bimotores do mundo.

No site da Beechcraft é possível consultar informações sobre a aeronave.

Publicidade
Publicidade

A reportagem do Blasting News Brasil visitou a página e encontrou informações detalhadas sobre tamanho, autonomia, velocidade, além de fotos externas e internas da aeronave modelo C90GT King Air.

A imagem divulgada pelo Yahoo mostra que a aeronave foi cadastrada no site no dia 9 de setembro de 2005. Até o dia 3 de janeiro deste ano, foram feitos 497 acessos às informações da aeronave.

Somente no dia 3, não se sabe o porquê e é isso o que a Polícia Federal está investigando, foram realizadas 1.885 visitas. Ou seja, neste dia houve uma quantidade anormal de acessos às informações da aeronave.

Quem acessou? De onde? Por qual motivo? A mando de quem? São as informações que Polícia Federal espera responder com as investigações que estão sendo realizadas.

Teoria da conspiração

Informações como essa reforçam as teorias da conspiração que estão circulando em redes sociais.

Publicidade

Antes de qualquer coisa, é necessário aguardar as investigações que estão sendo realizadas e cobrar das autoridades competentes.

Por enquanto, o que há de concreto é que o avião que levava o ministro do Supremo e relator da Operação Lava-Jato no STF caiu e ele e outras quatro pessoas morreram.

Hipóteses não podem ser transformadas em verdades absolutas. O melhor é aguardar o final das investigações realizada pelas autoridades competentes. Nada pode ser descartado, inclusive a queda por problemas técnicos. #investigação #Acidente aéreo #Teori Zavascki