Nesta quinta-feira, 05/01/17, Nelson Nahim (PSD-RJ), que é irmão do ex-governador do estado do Rio de Janeiro Anthony Garotinho, assumiu a vaga de #deputado estadual, deixada pelo então titular Índio da Costa (PSD-RJ). Nelson Nahim era suplente de Índio da Costa, que só se licenciou do cargo para assumir a secretaria municipal de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação do Rio de Janeiro.

Nelson Nahin já foi presidente da câmara de vereadores da cidade de Campos de Goytacazes, e na época chegou a ser preso por mais de quatro meses, sendo solto em outubro o ano passado, graças a um Habeas Corpus. Ele foi preso e condenado a 12 anos de prisão por abuso e exploração sexual de menores de idade e estupro de vulnerável, no caso que ficou nacionalmente conhecido como “ Meninas de Guarus”.

Publicidade
Publicidade

Entenda o caso

No final do processo do caso conhecido como "Meninas de Guaru, 14 pessoas foram presas e condenadas. Com repercussão nacional e internacional o caso começou a ser investigado no ano de 2009 e segundo as denúncias, as crianças e adolescentes que tinham entre 8 e 17 anos, eram mantidas presas em uma casa no distrito de Guaru, que pertence a cidade de Campos de Goytacazes. A casa era vigiada constantemente por homens fortemente armados, e as vítimas eram forçadas a consumir drogas e bebidas alcóolicas, além de se prostituirem.

Segundo informações obtidas através do #Ministério Público do Rio de Janeiro, as vítimas do crime eram obrigadas a fazer até 30 programas por dia. Após os “clientes” escolherem as garotas que queriam, e negociar o valor, elas eram levadas a motéis e hotéis da cidade e região.

Publicidade

Durante os programas eram obrigadas a consumir drogas e álcool e em a alguns casos as meninas chegavam a receber uma parte do pagamento. Ainda segundo o ministério público do Rio de Janeiro, proprietários de hotéis e motéis da região, recebiam um valor a mais, por participarem do "esquema", e impressionamente era composto, desde empresários até vereadores do munícipio.

Em outra ocasição, Nahim chegou a assumir como deputado suplente, mas se afastou no dia seguinte. dia seguinte.