Apresentado no final do ano passado, o projeto de lei do #deputado paulista Marcelo Aguiar (DEM) "obriga as operadoras que disponibilizam o acesso à rede mundial de computadores, criarem sistema que filtra e interrompe automaticamente na internet todos os conteúdos de sexo virtual, prostituição, sites pornográficos." De acordo com o projeto, apenas sites pagos não estariam sujeitos ao filtro.

Em sua justificativa para a proposição da lei, o deputado afirma que "estudos atualizados informam um aumento no número de viciados em conteúdo pornô e na masturbação devido ao fácil acesso pela internet e à privacidade que celular e o tablet proporcionam".

Publicidade
Publicidade

Ainda segundo o parlamentar, há jovens que supostamente se denominam "autossexuais", devido ao vício em masturbação.

Envolvimento em polêmicas

Integrante da bancada evangélica, o deputado e membro da igreja Renascer em Cristo sempre levantou a bandeira da defesa da família, porém, em 2014, vários portais evangélicos noticiaram que Marcelo estaria traindo sua esposa. Alguns desses sites trazem ainda uma nota onde se lê que o deputado teve problemas pessoais que atingiram sua família e seu ministério, e que houve perdão e reconciliação do casal "debaixo do amor e do sangue de Jesus".

Marcelo Aguiar, que é suplente em exercício, recentemente ainda foi favorável ao projeto de abuso de autoridade, que pode punir juízes e investigadores.

Iniciativa surgiu na Inglaterra

A ideia de exigir que provedores bloqueiem sites pornográficos não é novidade.

Publicidade

Desde 2011, grupos cristãos fazem pressão sobre o governo inglês para que tal projeto se torne lei. Em 2013, o então primeiro-ministro David Cameron anunciou que os bloqueios passariam a acontecer, embora houvesse ceticismo de especialistas sobre sua eficácia.

Recentemente os ingleses conservadores voltaram a legislar sobre o assunto, desta vez propondo a proibição de todo tipo de pornografia "não-convencional". De acordo com o projeto, nenhum site poderia exibir filmes que não estivessem de acordo com uma série de normas definidas pelo parlamento. #Política #Evangelico