A força da família Bolsonaro nas #Redes Sociais pode impulsionar a campanha de Jair Bolsonaro à presidência da República nas eleições de 2018. Jair e os três filhos (Eduardo, Carlos e Flavio) possuem juntos quase sete milhões de seguidores somando os perfis do Facebook, Twitter, Instagram e Youtube, onde apenas Jair e Eduardo mantêm seus canais.

Além disso, há quase uma dezena de grupos de apoio ao candidato do PSC na rede social de Mark Zuckerberg.

Em outubro, um levantamento realizado pelo Medialogue analisou os sites dos deputados e o perfil de cada um deles nas redes sociais, para concluir que Eduardo e #Jair Bolsonaro são, respectivamente, os congressistas mais influentes do Brasil, à frente de nomes como Jandira Feghali (PCdoB) e Marco Feliciano (PSC).

Publicidade
Publicidade

Seguidores

No Facebook, Jair Bolsonaro tem 3,5 milhões de seguidores. Eduardo aparece na segunda posição do ranking familiar, com pouco mais de 1,1 milhão. Flavio é seguido por pouco mais de 300 mil pessoas, enquanto Carlos tem quase 180 mil.

No Twitter, a ordem é a mesma: Jair lidera com 341 mil seguidores, enquanto Eduardo tem 122 mil e aparece em seguida. Flavio tem 105 mil e Carlos é seguido por 78 mil pessoas.

No Instagram, o pai tem quase 300 mil e os filhos, somados, chegam a 336 mil. No Youtube, os vídeos de Jair já foram vistos por mais de 22 milhões de pessoas. Todos estes números mostram a força da família. É quase certo que todos eles trabalharão a favor do pai nas eleições presidenciais do ano que vem.

Presidenciáveis

Todos os principais prováveis candidatos à presidência nas eleições de 2018 mantém perfis nas redes sociais.

Publicidade

Aécio Neves (PSDB) lidera o ranking 4,4 milhões de seguidores em sua página oficial no Facebook. Jair Bolsonaro é o segundo colocado.

Na terceira posição aparece o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 2,4 milhões. Marina Silva (Rede) tem 2,3 milhões. O governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), com 850 mil, e José Serra (PSDB), com 210 mil, estão bem atrás em termos de redes sociais.

Apesar de Aécio Neves liderar o ranking, o levantamento do Medialogue mostrou que o senador tucano é apenas o oitavo parlamentar mais influente nas redes sociais.

Resta saber se tudo isso jogará a favor de Jair Bolsonaro em 2018. #Eleições 2018