O ex-presidente da República, Luiz Inácio #Lula da Silva (#PT), participou nessa quarta-feira (11) do Encontro Estadual do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), realizado em Salvador, Bahia. Em sua primeira aparição pública no ano, Lula fez um discurso inflamado e afirmou que, se necessário for, será novamente candidato a presidência da República.

"Se preparem, porque se necessário for, eu serei candidato à Presidência da República. E se eu for candidato, é para a gente ganhar as eleições desse país", afirmou Lula, diante de centenas de pessoas que usavam bonés com a frase: “Estamos com Lula”. Por diversas vezes, as palavras de Lula agitaram o público, que, com palavras de ordem, gritavam: “Brasil pra frente, Lula presidente”.

Publicidade
Publicidade

Lula quer recuperar sua imagem

Em seu discurso, o ex-presidente petista disse que deseja viajar pelo país todo nesse ano de 2017 para tentar recuperar a sua imagem e a do seu partido, o Partido dos Trabalhadores. Sobre o cenário atual do PT, ele disse que está acontecendo uma grande mobilização da mídia e da justiça para a criminalização do PT. E que o direito a candidatura tem que ser defendido. “Se o Temer, se o Serra, se o Moro querem ser candidatos, ótimo, então que entrem num partido e vá para as ruas”, afirmou.

Investimentos de governo

Sobre a grave crise econômica do país, Lula disse que a única forma de retomar o caminho do crescimento será através de investimentos e que é de total responsabilidade do Estado investir, mexer no compulsório e aumentar a dívida, pois dessa forma o PIB do país irá crescer na mesma proporção da dívida pública.

Publicidade

Sobre o foco do encontro, Lula afirmou que a reforma agrária tem que ser feita o mais rápido possível e que os bancos públicos devem abrir financiamentos para a agricultura familiar para aquecer os mercados dos pequenos empresários e consumidores.

Nesta quinta-feira (12), Lula irá participar de um encontro em Brasília denominado CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação) e participará dos debates. #Política