Na última sexta-feira (20) o Ministério Público de Angra dos Reis (RJ) solicitou à ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) que enviasse as últimas conversas entre o comandante do avião que caiu no mar de Paraty (RJ) com as demais aeronaves da região. O acidente acabou vitimando cinco pessoas na última quinta-feira (19). Entre os mortos estava o ministro do Supremo Tribunal Federal e responsável pela ''Operação Lava Jato'', Teori Zavascki. De acordo com informações da imprensa, não existe torre de controle no aeroporto onde a aeronave pousaria. As autoridades da Força Aérea Brasileira (FAB) confirmaram que o avião possuía um gravador de voz denominado de "recorder".

Publicidade
Publicidade

Na última sexta-feira o apresentador de rádio Jorge Kajuru comentou sobre o acidente, afirmando ser um amigo do juiz Sérgio Moro. O radialista afirma estar ciente da existência de uma suposta lista envolvendo o nome de parlamentares que estão envolvidos no esquema de corrupção referente à ''Operação Lava Jato'', sendo que, dos envolvidos, 42 são parlamentares ligados ao PSDB, 48 ligados ao PMDB e 56 ligados ao PT.

O radialista acredita que parlamentares dos três partidos poderiam se unir em um complô para assassinar o ministro Teori Zavascki. Em um vídeo Kajuru explica que um parlamentar é capaz de tudo para se manter no poder. E como muitos estão há bastante tempo no poder, eles não pretendem sair mais. Já para os políticos mais recentes, ter o nome envolvido na ''Operação Lava Jato'' poderá ser o fim da carreira.

Publicidade

Kajuru ainda diz que o Supremo Tribunal Federal não tem força para escolher um nome à altura de Teori, e que o presidente Michel Temer é corrupto desde sua infância e teve seu nome citado 43 vezes em delações de executivos da Odebrecht. Ele certamente não se importará em nomear um homem de sua confiança para o lugar do ministro Teori Zavascki, de acordo com Kajuru.

Velório

A presidente do STF, Carmen Lúcia, se ausentou do velório após a chegada do presidente Michel Temer ao Tribunal Regional Federal (TRF), local onde estava sendo velado o corpo do ministro.

#Acidente aéreo #Casos de Corrupção #polticia brasileira