Gerir uma metrópole como #São Paulo é um desafio para qualquer político, seja ele profissional ou não. E, para João Dória, recém-empossado para seu primeiro mandato eletivo, o desafio parece ser ainda maior. Mas, a dificuldade não está apenas em resolver os inúmeros problemas que a cidade apresenta, mas principalmente, em convencer a mídia de que suas intenções e propósitos são benéficos para a população.

Desde a posse, no primeiro dia do ano, passaram-se pouco mais de 15 dias e as manchetes dos mais diversos meios de comunicação insistem em retratar o #prefeito como um aventureiro, um milionário que se veste com roupas caras e que desconhece a realidade das ruas da cidade.

Publicidade
Publicidade

É comum encontrar manchetes que menosprezam e até ridicularizam a atuação de Dória, principalmente em ações públicas, postura bem diferente do que a dispensada para a gestão anterior.

Promessas feitas em campanha começam a ser realizadas

A eleição de Dória, que venceu seus oponentes já no primeiro turno - fato inédito nos pleitos da capital paulista - deu-se de forma inconteste. Isso prova o fracasso dos chamados “políticos de carreira” e a indignação das diversas camadas da população quanto aos desmandos e à falta de ética dessa classe de gestores públicos.

Baseando sua estratégia na gestão da cidade como empresa e apostando em sua experiência e sucesso em tal papel, Dória tem começado a colocar em prática alguns projetos que foram incluídos em sua campanha, como o enxugamento da máquina pública, a diminuição da fila para exames de saúde e, usando sua influência empresarial, reuniu doações de diversos materiais para abrigos públicos, juntou-se aos garis para limpar as ruas da cidade e esteve em postos de saúde para lançar programas de atendimento em horários alternativos.

Publicidade

Tais ações, se por um lado parecem as típicas iniciativas populistas dos políticos tradicionais, demonstram, por outro, a vontade de fazer a máquina funcionar mais adequadamente. O que falta, no momento, é boa vontade dos órgãos de imprensa em esquecer os milhões na conta do agora prefeito e se concentrar em suas realizações. #Política