O ministro #Teori Zavascki, relator da Operação Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (#STF), morreu na tarde desta quinta-feira (19) na queda de um avião particular no mar, próximo a Ilha Rasa em Paraty, no Rio de Janeiro. A confirmação de seu falecimento foi feita pelo seu filho Francisco Francisco Prehn Zavascki em publicação no Facebook.

Teori foi ministro do Superior Tribunal de Justiça e em 2012 foi indicado para o STF pela então presidente Dilma Rousseff, em 2012. Formado em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, onde concluiu também mestrado e doutorado.

Em maio de 2016, seu filho, Francisco, publicou no Facebook um post onde alertava que se algo acontecesse a sua família "as pessoas saberiam onde procurar", fazendo referência a Operação #Lava Jato.

Publicidade
Publicidade

Veja declaração completa no post original em nossa galeria. Em junho do mesmo ano, o ministro Teori admitiu, após uma palestra que realizou, que haviam ocorrido ameaças à sua família, conforme declaração via rede social, porém, minimizou em sua declaração "Não tenho recebido nada sério”.

A Operação Lava-Jato fica em espera após a morte repentina do ministro Teori. De imediato a Operação Lava-Jato sofrerá pelo atraso na homologação da delação dos 77 executivos da Odebrechet, consideradas as mais bombásticas por serem mencionados o presidente Michel temer e o ex-presidente Lula.

O Regimento Interno do STF determina que os processos de Teori sejam passados para seu substituto, a ser indicado pelo Presidente Temer. Porém, em caráter excepcional, a ministra Cármen Lúcia, presidente do tribunal, poderá sortear outro ministro, já integrante da corte, para assumir o processo.

Publicidade

O juiz Sérgio Moro declarou, em nota, veja em nossa galeria, estar perplexo com a morte de Teori. Moro fez muitos elogios ao ministro, chamando-o de grande magistrado e herói brasileiro. Segundo sua afirmação, sem o ministro relator não teria havido a Operação Lava-Jato.

O presidente Michel Temer estava em reunião, sobre a greve de caminhoneiros, com o senador José Medeiros (PSD-MT) quando recebeu uma ligação comunicando o acidente. " Meu Deus do céu!" teria exclamado o presidente ao desligar o telefone "O ministro Teori estava em um avião que caiu em Paraty". Em sua conta no Twitter o presidente emitiu nota de pesar - leia em nossa galeria.