A deputada defensora dos Direitos Humanos #Maria do Rosário publicou na noite dessa quinta-feira, dia 19, na sua página oficial do Facebook, uma mensagem de solidariedade à família do falecido ministro #Teori Zavascki, que estava dentro de um avião que caiu na região de Paraty com 4 pessoas a bordo.

"Grande perda para o Brasil a morte do Ministro Teori. Solidariedade à sua família e das demais vítimas. O País tem vivido muitos lutos. Precisamos encontrar um ponto de equilíbrio, de respeito mútuo e de reconstrução de valores humanos no Brasil", disse a deputada na publicação.

Nos comentários, internautas debocharam da postagem e da declaração sobre valores humanos feita por Maria do Rosário.

Publicidade
Publicidade

"Muita incoerência sua falar em valores humanos", disse uma pessoa. "Vai acudir seus queridinhos no presídio."

A maioria das críticas eram devido ao fato de que a deputada defendeu a indenização das famílias das vítimas dos massacres em presídios, estes ocorridos há poucas semanas.

" Acho que Maria do Rosário e o resto do pessoal dos direitos humanos (sem exceção de nenhum deles) deveriam entrar naqueles presídios, sem nenhum apoio policial (já que não precisam deles e ficam contra eles), andar por toda a área de conflito com uma bandeira branca, gritando: "PAZ, PAZ, meus amigos"... Quem sabe para né kkkk. Em vez de ficar querendo indenizar família de criminoso com dinheiro do povo", opinou uma internauta.

"Pra mim, Maria do Rosário é uma bandida", resumiu outro comentarista. Outros diversos comentários continham apenas risadas e interrogações de seguidores da rede social.

Publicidade

A expressão "ué" foi comentada dezenas de vezes por diferentes pessoas, ironizando o luto da deputada. Xingamentos como "ladrona" (sic), "bandida" e outros também foram repetidos diversas vezes. Uma parcela dos comentaristas publicou a hashtag #Bolsomito, com referência aos problemas que Maria do Rosário e o deputado Jair Bolsonaro têm um com outro há mais de uma década. O apoio à publicação da deputada entre os comentários foi minoria.

A postagem pode ser vista abaixo:

#bolsonaro