Aeronáutica fez análise preliminar do gravador de voz do avião que caiu na última quinta-feira (19) transportando o Juiz #Teori Zavascki e outras quatro pessoas.

De acordo com os áudios da Voice Recorded (CVR) do Cockpit, o piloto não relatou nenhum problema com a aeronave. No entanto, ele reclamou sobre a chuva para outros pilotos voando nas proximidades.

Durante uma conversa, o King Air C90 mencionou que esperaria que a chuva parasse antes de pousar.

O Centro Brasileiro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos declarou, como parte de sua investigação preliminar, que o piloto provavelmente perdeu o controle da aeronave, levando a sua queda na água.

Publicidade
Publicidade

Mas o áudio diz apenas parte da história. Os investigadores também irão analisar as provas físicas para determinar a causa do acidente.

A morte de Teori Zavascki tem impulsionado muitas teorias de conspiração. O juiz foi o superintendente da Operação Lava Jato, a maior investigação de corrupção na história brasileira.

O futuro da Operação Lava Jato

Antes de sua morte, o juiz Zavascki estava no processo de validar o maior acordo de súplica do mundo. 77 ex-executivos da Odebrecht, a maior construtora do Brasil, decidiram colaborar com a investigação.

Com a morte de Teori Zavascki, o tribunal deve decidir quem vai retomar o seu trabalho. A juíza do Supremo Tribunal, Cármen Lúcia, criticou a validação, mesmo antes de escolher um novo superintendente do caso.

O presidente Michel Temer declarou que só nomeará um novo juiz depois que o tribunal escolher um novo superintendente.

Publicidade

Ele quer evitar ser acusado de tentar mexer nas investigações. Temer, afinal, tem um interesse direto no resultado da operação.

Um denunciante da Odebrecht o acusou de receber 10 milhões de reais da empresa. Foi uma "contribuição" para as campanhas do partido do presidente - o Partido do Movimento Democrático Brasileiro.

De acordo com especialistas que seguem o Supremo Tribunal, a Operação Lava Jato teria tomado uma direção completamente diferente se não fosse pela retração de Zavascki. #Política