Nesta terça-feira (31), o presidente da República, #Michel Temer, se pronunciou para uma plateia de investidores e políticos de vários países. Os visitantes estariam buscando novos ares para investimentos devido as incertezas do governo do novo presidente americano Donald #Trump. A reunião aconteceu em um hotel localizado na região sul de São Paulo.

O fato do presidente americano estar tentando fazer algumas mudanças nos Estados Unidos, como deportar refugiados, construir um muro para separar os americanos dos mexicanos e ainda evitar que pessoas de 7 países muçulmanos vá até os Estados Unidos, as mudanças estão gerando polêmicas e incertezas a muitos investidores.

Publicidade
Publicidade

O presidente Temer aproveitou a ocasião para dizer que o Brasil é "um país aberto para o mundo", a fala transmite uma indireta a atual política de Trump. Temer avisou que o Brasil é um país atrativo para os negócios, tendo em vista uma "democracia plural, livre de conflitos étnicos e religiosos".

Michel Temer tem raízes libanesas, e explicou para políticos e investidores que o Brasil se originou devido as imigrações, pois pessoas que para cá migraram e formaram um um país. Talvez Temer deu mais uma indireta para Trump, quando se referiu que durante muitos anos o Brasil vive em paz com seus países vizinhos, a fala daria referência ao muro que Trump quer construir na divisa com o México.

Donald Trump e imigrantes

Mesmo muitos americanos estarem em protesto contra o presidente americano, nesta última segunda-feira (30) as decisões de barrar muçulmanos começaram com sucesso.

Publicidade

Em uma rede social, Trump declarou que de 325 mil pessoas, apenas 109 foram detidas e passaram por processo de checagem. O porta-voz do governo americano, Sean Spicer, disse que os Estados Unidos é "o melhor país do mundo" e que para as outras pessoas virem até os EUA é um privilégio.

Spicer disse que a realização de checagens é uma forma de proporcionar segurança para o país. Trump pretende evitar que terroristas penetrem nos Estados Unidos. A oposição de seu governo gerou protestos no aeroporto neste último final de semana. #Polêmica