Como de costume, a página oficial do Partido dos Trabalhadores no Facebook fez uma publicação, na madrugada deste sábado (28), informando seus seguidores que a filiação ao partido pode ser feita pela internet. "Torne-se um petista de carteirinha, filie-se agora", dizia a imagem publicada, com um link para o site do partido com informações sobre filiação. Postagens desse tipo são frequentes na página e sempre fixadas no topo, de forma que mais seguidores vejam e tenham acesso à informação.

Nessa publicação, porém, muitos dos curtidores da página aproveitaram a atual situação do partido - com diversos políticos filiados envolvidos em escândalos de corrupção, incluindo a ex-presidente Dilma Rousseff, afastada do cargo por pedaladas fiscais - para transformar o pedido em piada.

Publicidade
Publicidade

"Eu me filiando, com quanto tempo a polícia federal bate na minha porta?", dizia um dos comentários. "Já tenho meu filme bem queimado onde eu moro, prefiro não piorar a minha imagem" e "Não tenho ficha criminal, mesmo assim posso entrar?", brincaram outros.

Até mesmo apoiadores do partido e da visão #Política do #PT criticaram as suas recentes atitudes e disseram não ter interesse em filiação no momento. "Legal pra quem acredita na ideologia partidária do PT. Agora, pra todo adulto chefe de família (ele ou ela) trabalhador, instruído e com o mínimo de coerência e de entendimento político, jamais irá se filiar no PT. E sem essa de coxinha. É absolutamente possível ser politizado e não ser petista. Quem sustenta ao contrário, é no mínimo mal informado, manipulado e desocupado. Mas o que vale é a democracia e minha cabeça não é quintal ideológico de partido nenhum.

Publicidade

A militância do PT está absurdamente desesperada e mais do que nunca desorientada. Na verdade, muitos militantes não toleram mais o próprio partido", dizia outro comentário.

Alguns dos comentários geraram discussões mesmo entre pessoas que concordavam em não filiar-se ao PT. Alguns alegando que "os limpos e honestos filiam-se ao PSDB e ao PMDB", enquanto outros alegavam que "PT, PSDB e PBMD são o combo - hambúrguer, batata e refri". Apenas uma minoria dos comentários era em apoio ao partido ainda no início da manhã de sábado, cerca de quatro horas depois da publicação. Veja o post.

#Partido dos Trabalhadores