Teori Zavascki foi vitima de um acidente de avião em Paraty, no Rio de Janeiro, na última quinta-feira (19) e seu velório ocorreu neste sábado (21) na Sede do Tribunal Regional da 4º Região (TRF-4), na cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. O Juiz Federal Sérgio Moro, que é responsável pela ação que investiga um grande esquema de corrupção na Petrobras, foi um dos presentes na cerimônia. Segundo Moro, Teori foi um verdadeiro herói por conta da situação bastante difícil dos processos e também citou que há uma grande desolação na magistratura, especialmente na quarta região, que foi onde o ministro fez sua carreira profissional.

O corpo do ministro chegou às 7h20 dessa manhã, na Base Aérea de Canoas, e foi acompanhando por um cortejo organizado por familiares, juntamente da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia.

Publicidade
Publicidade

O presidente Michel Temer chegou ao velório no início da tarde juntamente do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, e do ministro das Relações Exteriores, José Serra. Temer iniciou seu pronunciamento afirmando que a morte do Ministro #Teori Zavascki é uma perda lamentável para o país.

O corpo de Teori Zavascki está sendo velado desde às 9h dessa manhã de sábado (21). De início, a cerimônia foi restrita apenas aos familiares e amigos do ministro, mas, a partir das 11h, foi aberto ao público. Às 18h será o sepultamento no cemitério Jardim da Paz.

Teori era o relator da Operação Lava Jato no #STF e faria a homologação das delações envolvendo executivos da empreiteira Odebrecht. O ministro do STF faleceu aos 68 anos e deixou três filhos. Se tornou ministro em 2012, substituindo Cezar Peluso que havia se aposentado, por meio de uma indicação da ex-presidente da República, senhora Dilma Rousseff.

Publicidade

A queda do avião

O modelo do avião em que o ministro do STF viajava era um Hawker Beechcraft King Air C90, que é uma aeronave com capacidade para 8 passageiros e pertencia ao grupo Emiliano Empreendimentos. O avião decolou do Campo de Marte em direção a Paraty, e o acidente aconteceu a 4 km do aeroporto da cidade. Segundo o relato de testemunhas, não existiu explosão, a aeronave vinha voando baixo e, ao tentar fazer uma curva, bateu uma de suas asas no mar. #Sergio Moro