A capital paulista será comandada a partir da tarde de hoje por #João Dória (PSDB). O tucano foi eleito em outubro do ano passado com mais de três milhões de votos, 53,29% dos votos válidos, derrotando o atual prefeito Fernando Haddad (PT), que ficou em segundo lugar nas urnas com 16,70% dos votos válidos.

A cerimônia de posse está prevista para as 15 horas deste domingo, e será realizada na Câmara Municipal. Os 55 vereadores eleitos e o vice-prefeito Bruno Covas (PSDB) também tomam posse hoje. Todos os vereadores farão a leitura do Termo de Compromisso, em seguida será a vez de Dória e Covas assinarem o documento e fazerem um pronunciamento.

Publicidade
Publicidade

Após a posse na câmara, o prefeito eleito segue para o Teatro Municipal, onde será realizada a cerimônia de transmissão, ato em que Fernando Haddad passa o cargo para o novo gestor.

Promessas

Entre as promessas de Dória durante a campanha eleitoral estão o aumento das velocidades nas marginais Tietê e Pinheiros; e o Corujão da Saúde, que tem previsão de início para amanhã - o programa é uma aposta do novo governo para zerar as filas de exames na cidade - hoje estimada em 417 mil pessoas. A nova administração também promete zerar a fila por vagas em creches, renovar a frota de ônibus e reduzir os gastos da prefeitura.

Ao todo são 118 promessas que constam em seu programa de governo registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Biografia

Nascido em 16 de dezembro de 1957, filho de Maria Sylvia Doria e do ex-deputado federal e publicitário João Doria, o prefeito eleito começou a trabalhar aos 13 anos de idade, ajudando sua mãe em uma fábrica de fraldas no bairro de Pinheiros, zona oeste da capital.

Publicidade

Dória Jr. foi aluno da rede pública na Escola Estadual Professora Marina Cintra, localizada na rua da Consolação. Durante a campanha ele esteve na unidade e chorou ao ver seu histórico escolar.

O empresário já atuou como professor na FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado) nos anos 80. Até 2015, Dória apresentava um programa de TV chamado "Face a Face". Ele também já esteve à frente do "Show Business" e de "O Aprendiz" entre 2009 e 2010.

Foi secretário de turismo durante a gestão Mário Covas, e entrou na disputa pela #Prefeitura de São Paulo apadrinhado pelo governador do estado, Geraldo Alkcmin (PSDB). #Eleições 2016