A Polícia Federal (PF) apreendeu várias mensagens de texto e fotos sobre os diversos gastos que a família #cunha teve durante algum tempo. Nas mensagens de texto é possível ver a facilidade que a jornalista e mulher do ex-deputado #Eduardo Cunha, Cláudia Cruz, tinha em "gastar". Todo esse dinheiro era decorrente de propinas milionárias vindas de empreiteiras. A Operação Lava Jato, aos poucos, vai mostrando as irregularidades e o descaso com o dinheiro público usado para o divertimento da família Cunha.

Cruz gostava muito de gastar e não pensava duas vezes ao realizar o ato. A Polícia tem o registro de várias viagens internacionais realizadas por eles, hospedagens em hotéis caríssimos e o grande prazer que eles tinham ao divulgarem fotos de marcas consagradas, como "Louboutin' e 'Louis Vuitton", que eles adquiriam em suas compras.

Publicidade
Publicidade

Pelas redes sociais, tanto a mulher de Cunha como seus filhos, divulgavam para os parentes e amigos todos os itens que compravam, mostrando que eles tinham muito poder e muita riqueza.

Itália

Em março de 2014, através de apreensões realizadas pela PF, foi confirmado que o casal ficou uma semana na Itália, praticamente desperdiçando dinheiro em várias lojas. Alguns dos locais visitados por eles, para as compras, são as lojas: "Prada', "Ermenegildo Zegna" e "Salvatore Ferragano". Um hotel de grande #luxo foi frequentado por eles, em Florença.

Um das mensagens da família mostra a empolgação do diálogo entre Cláudia Cruz e sua enteada (filha de Cunha), Danielle Dytz. "Meu Deus, o hotel aqui é um palácio!! A suíte é de outro mundo!! Nunca vi nada igual nessa vida!!, disse a mulher do ex-deputado.

Publicidade

Danielle respondeu com uma simples frase: "Meu pai se superou, hein!!".

Praias

Enquanto Eduardo Cunha está vivendo momentos difíceis, preso no Paraná, sua família parece que não está muito preocupada com isso. Nas redes sociais foram vistas várias fotos deles em lugares paradisíacos nas festividades do Ano Novo. Praias belíssimas e restaurantes de grande luxo foram visitados por eles, mesmo com a Lava Jato batendo às suas portas.