Já faz alguns meses que o Brasil vem registrando várias tragédias no setor da aviação civil. O acidente mais recente foi a queda de um avião que levava aproximadamente cinco pessoas para cidade de Paraty, Rio de Janeiro. Entre os mortos está um membro do Poder Judiciário, que fez história na operação “Lava-jato”, ministro Teori Zavascky.

A confirmação da morte do ministro foi dada através das redes sociais pelo seu filho, Francisco Zavascky. Algumas testemunhas relataram o momento da queda do avião e contaram que, dentro dele, havia um mulher batendo nos vidros e pedindo socorro.

O acidente que matou o ministro do STF e outras pessoas aconteceu na tarde dessa quinta-feira (20) e teve grande repercussão na mídia.

Publicidade
Publicidade

Segundo relato de testemunhas, tudo aconteceu muito rápido. Elas dizem que o avião não chegou a fazer nenhum barulho, só se ouviu o choque dele na água. Assim que a aeronave caiu, chegaram várias pessoas para prestar socorro, todavia, não conseguiram chegar a salvar ninguém.

O empresário Elias Ramos, que estava no local e viu o momento do acidente, disse que poucos minutos depois que a aeronave caiu, os bombeiros entraram em ação para resgatar as vítimas. Ele diz que assim que aproximou-se da aeronave, um bombeiro pediu sua ajuda para resgatar uma mulher. Ele afirma que ela estava viva e que pedia desesperadamente por socorro.

"Quando eu cheguei com o bote o avião já estava na água. Já tinha bombeiro dentro da água. Eles já logo pediram ajuda. Eu entrei na água, tinha muita querosene. Logo que eu cheguei perto do avião já vi a moça batendo na janela do avião pedindo socorro.

Publicidade

A gente fez o possível pra tentar salvar ela mas infelizmente não deu tempo", lamentou o empresário.

Segundo informações passadas pela imprensa, a queda do avião será investigada para Polícia Federal, que irá detalhar o que ocasionou a queda. O fato do avião não possuir caixa preta pode dificultar um pouco as investigações. O ministro do STF deixou sua marca no cenário político do país ao tomar frente nas investigações da Operação Lava-jato, responsável pela prisão de vários políticos acusados de enriquecimento ilícito. #Lava Jato #Política