O empresário Eike Batista, preso no Complexo Penitenciário Bangu 9, Rio de Janeiro, pode não querer ficar muito tempo na prisão e para isso, negociar uma delação premiada seria o melhor caminho. O seu advogado afirmou que Eike não pensa nisso agora e não está em seus planos fazer a delação. Mas, fica a pergunta: Quem gosta de ficar preso tanto tempo? Seria alguma estratégia de defesa do empresário?.

A calmaria dele assusta pessoas que fizeram acordo com o empresário e pior ainda, assusta aqueles que causaram algum tipo de mágoa, como é o caso do ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva.

Por mais que Eike e Lula se deram bem em vários acertos, destacamos quatro ocasiões que o "empresário amigo do PT" foi deixado para trás, mesmo depois dele ter salvo o Partido dos Trabalhadores a saldar as contas da primeira eleição do ex-presidente Lula.

Publicidade
Publicidade

Acertos não cumpridos

Em certa ocasião, José Dirceu, por intermédio de Lula, pediu ao empresário uma quantia para tirar da Bolívia equipamentos confiscados pelo governo de Evo Morales. Mesmo recebendo a grana, Dirceu fracassou na tentativa. Eike também foi incentivado por Lula a comprar a Vale, pois o ex-presidente não tinha afinidades com Roger Agnelli, que na época, era o presidente da Companhia. Lula queria enfraquecer Agnelli. Mas em determinado momento, o petista volta a falar com Agnelli e ignora todo o caminho traçado por Eike na compra pela empresa.

Outro fracasso de negociação envolvendo Lula e Eike, foi quando o empresário concordou em remunerar o ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa para levar ao porto do Açu um terminal de transbordo de petróleo, mais uma vez não deu certo.

Publicidade

E por último combinou com Lula a venda de um sonda petrolífera para a Sete Brasil, mas em pleno voo o acordo foi desfeito.

Querido por Dilma

Mesmo com tantos desentendimentos entre Lula e Eike, os dois fizeram vários acordos juntos e somaram milhões. A ex-presidente Dilma Roussefff também ajudou o empresário na venda de sua petroleira para a Malásia. A petista ligou para a Malásia dizendo que era de grande interesse do Brasil que o malaios comprassem a petroleira. Sem contar, que Dilma já fez pronunciamentos elogiando o empresário. #Eike Batista #Dilma Rousseff