A Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal realizou na última terça-feira (14) a reunião para discutir a indicação de Alexandre de Moraes para a cadeira de ministro do Supremo Tribuna Federal (STF). Ficou definido que a sabatina realizada pela CCJ do Senado será realizada dia 21 de fevereiro. Com a proximidade do encontro, Moraes acelera as articulações com os senadores que irão votar. Até agora, já foram nove reuniões. O ex-tucano, inclusive, passou o dia de um gabinete ao outro nesta terça.

O ministro da Justiça licenciado se encontrou com as senadoras Maria do Carmo Alves (DEM-SE) e Regina Sousa (PT-PI) no período da manhã.

Publicidade
Publicidade

Também teve um encontro no período da tarde com a bancada do PMDB. Humberto Costa (PT-PE) também foi outro que encontrou Moraes. Além de senadores pontuais, o possível ministro do STF realizou um encontro no gabinete da liderança do Governo com senadores de nove partidos.

Além dessa articulação no próprio Senado, na última semana, Moraes havia se reunido com outros senadores em um barco. #Dentro da política