Após entregar sua carta de demissão ao presidente Michel Temer, o ministro das Relações Exteriores, #José Serra, irá se reunir nesta quinta-feira, dia 23, com #Aécio Neves, presidente nacional do #PSDB.

Na reunião, os dois políticos tratarão do nome que deve suceder Serra na pasta. Até o momento, o nome mais cotado é o do senador Aloysio Nunes Ferreira. Os embaixadores Rubens Barbosa e Sérgio Amaral também são cotados para a vaga, segundo noticiado pela revista Época. Em um acordo de cavalheiros, a pasta deve permanecer sob a tutela do PSDB, já que o PMDB do presidente Michel Temer tem ambições de apontar o novo ministro da Justiça.

Publicidade
Publicidade

Segundo noticiado, Serra optou pela demissão após sentir frequentes desconfortos em sua coluna. O ministro foi submetido a uma cirurgia em dezembro do ano passado. O desconforto teria aumentado com o alto número de viagens internacionais que o ministro realizava para cumprir as funções do cargo. Agora, ele pretende passar por recuperação em um tratamento de quatro meses. Posteriormente, Serra retornará ao senado para cumprir seu mandato por São Paulo até 2023.