Jair #bolsonaro (PSC-RJ), deputado federal e pré-candidato à Presidência da República, deu discurso nesta quarta-feira (08), em Campina Grande, na Paraíba. Bolsonaro defendeu a liberação do porte de armas para todos os brasileiros e foi aplaudido por uma multidão, que gritava o seu nome.

O deputado ressaltou que todos confiam na Polícia, mas que o porte de armas era necessário para que o povo consiga defender a sua democracia e a sua liberdade. O discurso foi feito no estacionamento do Aeroporto João Suassuna. Ele estava em cima de um carro e ouviu a multidão gritando: "Queremos Bolsonaro presidente do Brasil".

O pré-candidato à Presidência da República também criticou duramente o Movimento Sem Terra (#MST).

Publicidade
Publicidade

Segundo ele, o Movimento é formado por marginais que só querem causar baderna e atrapalhar o agronegócio. A sugestão do deputado para acabar com esse Movimento é a doação de fuzis para produtores rurais. "O Governo federal deveria doar os fuzis aos produtores rurais, assim o MST teria um cartão de visita especial quando eles fossem invadir alguma propriedade", disse Bolsonaro.

Região desprezada

De acordo com Bolsonaro, o Nordeste é a região mais desprezada do Brasil. "Temos que acabar com a desigualdade regional, mudando a nossa política", disse ele. O parlamentar avisou que está na hora de acabar com aquela raça de brasília. "Precisamos de um Brasil diferente no Planalto, porque acreditamos no nosso país", disse ele.

"Deus acima de tudo"

Jair Bolsonaro quer o fim do Estado Laico, posição neutra da religiosidade.

Publicidade

O deputado afirmou que a maioria do povo brasileiro é cristã e as religiões ligadas ao cristianismo devem ser as oficiais do País. "Se alguém não concordar com o fim do Estado Laico, que se mude para outro lugar. A minoria tem que se curvar diante da maioria", ressaltou o parlamentar.

O deputado federal está concedendo palestras na região e expondo seus pensamentos e anseios. Nesta quinta-feira (09), ele estará no Forte de Cabedelo, onde proferirá uma outra palestra.