O senador e líder do DEM, Ronaldo Caiado, se irritou com a postura adotada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante o velório de sua esposa dona Marisa Letícia. No final da cerimônia, #Lula discursou por aproximadamente 20 minutos e atribuiu a responsabilidade da morte de sua esposa a terceiros. De acordo com Caiado, Lula protagonizou um "vexame público". "O petista quer inverter mais uma vez os papéis e culpar a Justiça pela morte da ex-primeira dama. Isso é inadmissível", disse o senador.

Segundo Caiado, Lula passou dos limites e conseguiu profanar a própria viuvez. Para o senador, se dona Marisa sofreu com esses problemas judiciais, o motivo dela ter passado por tudo isso, foi os erros cometidos por Lula.

Publicidade
Publicidade

"Por que ele não se preocupou em poupar a família desses escândalos de corrupção?", questiona o líder do DEM.

Desrespeito

De acordo com Caiado, as palavras ditas por Lula são desrespeitosas até com sua própria família. O senador comentou que ao tentar politizar e terceirizar um drama que o próprio petista produziu só tende a ser considerado um grande vexame de sua parte.

Não adianta Lula querer inverter os papéis, o grande réu na Operação Lava Jato é ele e não a Justiça. "Se não consegue respeitar o #Brasil, respeite pelo menos sua família", se revolta o parlamentar.

Discurso

No discurso realizado por Lula, vários de seus amigos batiam palmas após frases ditas por ele. Estavam presentes, no velório, líderes de movimentos sociais, militantes petistas, familiares e amigos. O terceiro andar do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, estava lotado.

Publicidade

Dona Marisa foi cremada no cemitério Jardim da Colina, em São Bernardo do Campo. Ela morreu na sexta-feira (03), vítima de um acidente vasculhar cerebral (AVC) hemorrágico. Ela chegou a ficar dez internada no Hospital Sírio-Libanês. Lula chegou a chamar o médium famoso de Goiás, João de Deus, para tentar a cura de sua esposa, mas não adiantou.

Dona Marisa, segundo o ex-presidente, estava muito aflita nos últimos dias por ter que, em breve, dar declarações ao juiz Sérgio Moro. #RonaldoCaiado